0

Cinco dicas para transformar um negócio em uma rede de franquia

23 jan 2020
14h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Segundo dados da Associação Brasileira de Franquias, o setor de Franchising teve aumento de 6,1% no faturamento do 3º trimestre de 2019, se comparado ao mesmo período do ano anterior. Além disso, esse mesmo setor teve aumento de 6,8% no faturamento nos últimos 12 meses - o que apenas reforça o valor comercial das franquias, como um ótimo investimento.

Foto: Como franquear / DINO

Para a ComoFranquear.com, uma empresa de consultoria especializada em formatação de franquia que tem mais de 12 anos de atuação no mercado, as franquias têm um enorme potencial de sucesso. Com uma metodologia própria, testada, rápida e eficaz, a empresa cuida de todo o processo de expansão, do estudo de franqueabilidade, todo kit de documentação, manuais e até o plano de marketing e expansão de um negócio.

Para aqueles interessados em transformar um negócio em uma franquia, a Como Franquear elaborou as 5 dicas listadas abaixo:

  1. Fazer um estudo de franqueabilidade

O Estudo de Franqueabilidade é uma análise da viabilidade para formatação de franquias. Observam-se a estrutura da empresa, capacidade de melhorias, posicionamento da marca no mercado local, potencial de vendas, concorrência, modelo financeiro, fontes de receita, capacidade de transmissão de know-how, etc. "São questões fundamentais para entender se um negócio realmente é franqueável: uma metodologia que detalhará os riscos e oportunidades para o engajamento de um negócio no Sistema de Franquia.", afirma Fred Ferreira especialistas em Franquias da ComoFranquear.com

O método permite que futuros franqueadores conheçam as reais possibilidades e oportunidades que serão obtidos por meio da expansão pelo modelo de franchising. É um planejamento estratégico detalhado de toda a operação, atual e futura.

"Para saber se a empresa possui as características necessárias para ser transformada em uma rede é preciso fazer um estudo de franqueabilidade, analisar o mercado, os diferenciais do negócio, a demanda, etc. Não é porque um negócio está dando certo que ele será um sucesso também como franquia" reforça Fred Ferreira

  1. Enquadrar-se na Lei

Segundo a ComoFranquear.com, a documentação de sua franquia é muito importante para um franqueador. Durante a formatação do negócio, sua modelagem e os diferenciais devem ser transcritos e documentados. Muitas vezes os sonhos e as economias da vida de futuros franqueados serão empregados em um novo negócio, então essa documentação deve ser feita com muita responsabilidade.

Os principais documentos são o COF (Circular de Ofertas de Franquia) e o contrato de franquia, que devem estar de acordo com a Lei 13.966 de 26 de Dezembro de 2019.

  1. Formatar o negócio para o modelo de franquia

Para se tornar um franqueador, tudo deve ser pensado para que a rede de franquias tenha os atrativos que farão os clientes comprarem a estrutura de parcerias e até custear o necessário para o bom desempenho da unidade. É preciso transmitir o modelo de sucesso para o papel, de forma clara e de fácil compreensão, para que possam ser desempenhadas por outras pessoas, nesse caso, o franqueado e sua equipe.

"Todos os procedimentos de um negócio deverão estar especificados em um Manual de Franquia, que vai expor, de maneira clara, tudo o que é permitido ou proibido ao franqueado que usar a marca - assim como toda a padronização de processos. Quem procura uma franquia não deseja começar um negócio do zero, mas busca por algo pronto e testado. O franqueado quer a experiência que já foi adquirida ao longo dos anos pelo operador." afirma Fred Ferreira especialistas em Franquias da ComoFranquear.com

  1. Preparar o negócio para as vendas

Formatar uma franquia é só primeiro passo para um franqueador. Uma das etapas mais importantes é a da captação de novos franqueados. Diferente de outros negócios, os quais procuram compradores apenas por seu poder aquisitivo, em franquias a capacidade financeira é apenas um dos requisitos que seu futuro franqueado precisa ter.

Como explica a Como Franquear, "A expansão de uma rede de franquia precisa ser sustentável e a busca de candidatos ideais não é uma tarefa fácil. A seleção do candidato é tão importante, pois são os bons franqueados que definem o sucesso de sua franquia. É ideal que ocorra um processo de seleção de franqueados, para que eles se adequem ao perfil da empresa. Cada franqueadora pode utilizar processos e ferramentas diferentes para essa escolha, porém, em geral, são procuradas pessoas com perfil empreendedor, capazes de gerir e atingir os resultados projetados para sua unidade.".

  1. Buscar ajuda especializada

Franquias são negócios sérios. Durante a formatação de uma franquia, é importante buscar a consultoria de uma empresa especializada, como a Como Franquear. Essa decisão pode fazer toda a diferença para que o sonho de expandir não vire um pesadelo.

Para Denis Pierry, empresário e criador da "Loves Machines", com uma consultoria o processo acaba sendo mais rápido e produtivo. "Compartilhamos a ideia do nosso negócio e eles acreditaram no potencial e nos ajudaram a formatar o modelo de expansão. O fato de ser uma consultoria especializada em expansão agilizou o processo, porque nós conhecemos o nosso produto, mas eles são o que é preciso quando ganhamos escala", afirma ele.

Da mesma forma, Fabrício Luz, gestor da barbearia "Dinastia da Barba", primeira barbearia conceito de Vitória, no Espírito Santo, teve uma opinião parecida em seu processo: "Ter a ajuda de uma consultoria para desenvolver nosso projeto de franquia foi fundamental. Muitas dúvidas surgiam durante o processo e o contato direto, não só pessoalmente, mas por meio de videoconferências, ligações e mensagens, com a equipe da Comofranquear.com fez toda a diferença".



Website: https://comofranquear.com/

Veja também:

China responderá a sanções dos EUA
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade