2 eventos ao vivo

Busca por treinos em casa cresce mais de 50% na quarentena

Atividades físicas em domicílio ganharam maior popularidade durante a pandemia

30 jul 2020
08h38
atualizado às 15h44
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Diante do isolamento social, as atividades físicas precisaram ser substituídas de todas as formas. Com treinos ao ar livre e academias suspensas, a busca por treinos em casa cresceu mais de 50% durante a quarentena.

Foto: DINO / DINO

De acordo com as buscas no Google Trends, por exemplo, o termo "treino em casa" teve um crescimento de 45% maior do que no mês anterior, em fevereiro. 

Outro ponto que demonstra o interesse das pessoas pela prática de exercícios em casa está relacionado à compra de equipamentos de treinos. 

Segundo informações divulgadas pelo site Valor Investe, a venda destes itens cresceu mais de 2.500% somente de março até o final de abril, com elásticos e faixas em primeiro lugar entre os mais pedidos. 

Com isso, a busca por treinos em casa também teve alta procura nas plataformas digitais. Para a profissional de educação física, Amanda Biuger, as pessoas enxergam a prática de exercícios de maneira muito mais complexa.

"Acredito que durante esse tempo de incerteza que estamos vivendo, os exercícios físicos são muito mais do que uma maneira de manter o corpo em forma. Mas, além de tudo, esta é uma maneira de manter as pessoas estimuladas em outros cenários", disse.

E como forma de ajudar ainda mais as pessoas durante este período, Amanda, que também tem um trabalho focado em atividades físicas e bem-estar nas redes sociais, ajuda a audiência com treinos focados na qualidade de vida. 

"Percebemos que a população de maneira geral precisa encontrar formas de se manter positivo. Por isso, criei desafios que estimulem os exercícios e façam com que as pessoas se sintam bem. Mais do que perder peso, o conceito é ajudar a ter maior qualidade de vida".

Além disso, o protocolo Start, lançado por Amanda, vem ganhando destaque entre os seguidores. "Atualmente são mais de 2.000 alunos onde os conceitos da atividade física são abordados, de acordo com os propósitos e limitação de cada um". 

Para especialistas, o conceito da prática de atividade física em casa não deve diminuir pós-quarentena, criando um novo padrão de comportamento na sociedade de maneira geral.



Website: http://www.amandabiuger.com.br

Veja também:

"Eu pensei: 'Vou morrer?'": a noiva surpreendida durante ensaio pela explosão no Líbano
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade