0

Agnaldo Rayol - A Alma do Brasil segue em cartaz em São Paulo

13 fev 2020
11h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Após 6 temporadas no Rio de Janeiro, com sucesso de público e crítica, 12 indicações a prêmios, o musical Agnaldo Rayol - A Alma do Brasil segue em cartaz em São Paulo e recebe a visita do próprio homenageado, Agnaldo Rayol.

Foto: DINO / DINO

O cantor, que recebeu o título da voz mais bonita do Brasil, emocionou a todos os presentes quando subiu ao palco a convite do ator Marcelo Nogueira que interpreta Agnaldo no musical.

O Musical "Agnaldo Rayol - A Alma do Brasil", na interpretação do cantor e ator Marcelo Nogueira, apresenta em formato de monólogo musical as mais belas canções que marcaram a trajetória de Agnaldo Rayol.  

O Espetáculo

No espetáculo "Agnaldo Rayol - A alma do Brasil", apresenta canções que marcaram várias gerações como "Fascinação", "Se todos fossem iguais a você", "A Praia", "Mia Gioconda" entre outros sucessos. Revisitamos o cancioneiro popular de outras décadas, contando e cantando a trajetória de Agnaldo Rayol nos palcos­, na vida e ao redor do Brasil. Constituindo assim, na interpretação de Marcelo Nogueira acompanhado de um piano, um mosaico sonoro, visual e cênico de uma época - que retrata, recria e rende a nossa homenagem ao personagem título desse show - AGNALDO RAYOL! 

Agnaldo Rayol é um artista completo: cantor e ator, de cinema e televisão, apresentador de TV, pintor e poeta. Começou cantando na Rádio Nacional aos oito anos de idade. Seu primeiro disco foi feito em uma das agências dos CORREIOS, onde se gravava mensagens. Lá, neste estúdio, gravou seu primeiro disco. Agnaldo Rayol, que já foi galã de novela ao lado de Fernanda Montenegro e Hebe Camargo, ganhou vários prêmios em sua carreira, entre eles "O Festival Internacional da Canção" e o "Prêmio Sharp de Melhor Cantor de Música Popular". Com sua peculiar forma de cantar, a magistral interpretação de Ave Maria de Gounod emocionou noivas de várias gerações.

No espetáculo apresentamos um roteiro de sucessos como: "Se todos fossem iguais a você", "A Praia", "Fascinação", "Serenata do Adeus", "O princípio e o fim", "Mia Gioconda", "A voz do violão", "Estrada do sol" entre outras canções que transmitem a época, a cultura brasileira e suas influências, afirma Marcelo.

O texto conta passagens da vida musical de Agnaldo numa espécie de show intimista, entremeado de registros sonoros e visuais de sua carreira em cenas musicais. A ideia dessa estrutura cênica é mesclar cenas ao vivo com os grandes sucessos da carreira de Agnaldo Rayol, interpretado pelo ator e cantor Marcelo Nogueira que assina a idealização e produção do espetáculo. Importante destacar que, embora sejam contadas e vividas diversas passagens de Agnaldo em diferentes fases de sua carreira, o ator protagonista não se transforma. Não envelhece, não vira menino. É sempre o mesmo belo e elegante Agnaldo, como se pudéssemos congelar no tempo os melhores momentos. Nessa concepção, o que prevalece não é a emoção provocada pela transformação física, mas a que vem de dentro, que enternece e emociona. Combinadas às fotos e cenas reais da vida e obra de Agnaldo Rayol, o espetáculo revisita personagens, trechos de filmes, telenovelas, fotos, shows, entrevistas e programas de rádio e de tevê - como os históricos: Papel Carbono, Agnaldo Rayol Show, Festa Baile, Programa da Hebe. Se constituindo num painel sonoro, visual e cênico de uma época que retrata, recria e rende a homenagem ao personagem título desse musical "AGNALDO RAYOL - A ALMA DO BRASIL".

Agnaldo Rayol com seus 60 anos de carreira e chegando aos 82 anos de vida, com uma vasta produção musical.  Eleito pelo povo como "O Rei da Voz", título originalmente dado a Francisco Alves, devido a sua firme e potente voz, Agnaldo é considerado um grande ídolo de sua geração, sua obra encantou ouvintes das rádios, da TV e do cinema. Influenciou diversos artistas brasileiros: Tim Maia, Fagner, Gal Costa, Maria Betânia, Elis Regina, Zezé de Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo, Eduardo Dusek, Siney Magal, entre outros. Rayol firmou-se como um dos melhores cantores da música popular brasileira: gravou vários discos, apresentou programas de rádio e TV, foi galã de novelas, filmou mais de dez longas-metragens para cinema e ganhou vários prêmios em sua carreira com um trabalho sério e singular.  Diante de tantas glórias, que marcaram para sempre este artista como um dos mais louváveis até os dias de hoje, reuniu fãs de Norte ao Sul do Brasil.

Até hoje, Agnaldo Rayol é uma referência da Cultura Popular Brasileira mundo afora, a síntese da voz Nacional. E não só pelo seu grande talento, mas a extraordinária maneira de interpretar canções que influenciam gerações atuais. Ele cantou e encantou com sua alma, a pura essência da melodia brasileira.  Mostrar ao público brasileiro as origens, o apogeu, e a sensibilidade deste homem e artista, é cumprir o importante papel de resgatar e imortalizar parte fundamental da formação cultural da história do nosso país.

Serviço:

Temporada: Dia 18 de janeiro até 01 de março de 2020

Dias: Sábados às 18h e Domingos às 17h

Local: Teatro União Cultural

Vendas: www.sympla.com.br

Atendimento da bilheteria : (11) 3885-2242

Valores: R$80 inteira

Classificação: Livre

Endereço: R. Mario Amaral, 209 - Paraíso, São Paulo

TextoFátima Valença

Direção e EncenaçãoRoberto Bomtempo

Dir. Musical e Arranjos: Roberto Bahal

ElencoMarcelo Nogueira



Website: http://www.sympla.com.br

Veja também:

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade