PUBLICIDADE

20 novas empresas de diversos setores, incluindo agricultura, energia renovável, hospitalidade, serviços financeiros, serviços criativos, tecnologia, silvicultura e setor de construção juntam-se ao The Climate Pledge

53 empresas e outras em todo o mundo, representando quase todos os setores da economia, se comprometeram a zero emissões líquidas de carbono até 2040, demonstrando o impacto global do The Climate Pledge

20 fev 2021 22h32
ver comentários
Publicidade

Amazon e a Global Optimism anunciaram hoje que 20 novos signatários ao redor do mundo juntaram-se ao The Climate Pledge: ACCIONA, Colis Prive, Cranswick plc, Daabon, FREE NOW, Generation Investment Management, Green Britain Group, Hotelbeds, IBM, Iceland Foods, Interface, Johnson Controls, MiiR, Ørsted, Prosegur Cash, Prosegur Compañia de Seguridad, Slalom, S4Capital, UPM, e Vanderlande.

Com o acréscimo destes novos signatários, 53 empresas de 18 setores e 12 países, se comprometeram a trabalhar em direção a zero emissões de carbono em seus negócios mundiais — agregando o potencial de reduzir significativamente as emissões corporativas de carbono. Cada organização está em um estágio diferente nesta jornada para emissões líquidas de carbono zero, mas todas as 53 signatárias estão comprometidas em alcançar o ambicioso objetivo do The Climate Pledge de atender o Acordo de Paris 10 anos antes.

Os signatários do The Climate Pledge concordam em:

  • Medir e informar regularmente as emissões de gases de efeito estufa.
  • Implementar estratégias de descarbonização alinhadas ao Acordo de Paris por meio de mudanças e inovações reais nos negócios, incluindo melhorias de eficiência, energia renovável, redução de materiais e outras estratégias de eliminação de emissões de carbono.
  • Neutralizar as emissões restantes com compensações adicionais, quantificáveis, reais, permanentes e socialmente benéficas para atingir zero emissões anuais de carbono até 2040 — uma década antes do objetivo para 2050 do Acordo de Paris.

Os 20 novos signatários representam diversos setores econômicos, desde energia a agricultura e serviços financeiros.

Cada empresa está implementando mudanças de alto impacto, baseadas na ciência, para ajudar a descarbonizar a cadeia de suprimentos, incluindo inovação em economia circular, lançamentos de soluções de energia limpa e mobilizando cadeias de suprimentos para alcançar líquido zero até 2040.

"Enquanto os EUA dão um importante passo na luta contra a mudança climática voltando a fazer parte do Acordo de Paris nesta semana, estou empolgado para dar as boas-vindas às 20 novas empresas ao The Climate Pledge, que desejam caminhar ainda mais rápido", disse Jeff Bezos, fundador e diretor executivo da Amazon. "A Amazon cofundou o The Climate Pledge em 2019 para incentivar empresas a alcançarem os objetivos do Acordo de Paris 10 anos antes do prazo, e estamos vendo um impulso incrível por trás do compromisso com 53 empresas de 18 setores de 12 países que já aderiram. Juntos, podemos utilizar nossa escala coletiva para ajudar a descarbonizar a economia e preservar a Terra para futuras gerações".

A Amazon e a Global Optimism dão as boas-vindas a estes novos signatários e agradece por seus comprometimentos:

ACCIONA

A ACCIONA (ANA.MC) é uma líder global em soluções sustentáveis, desde energia renovável a estações de tratamento de água, sistemas de trânsito em massa, e outras infraestruturas socias resilientes e de baixo carbono. A atenuação da mudança climática e seus efeitos está no coração da lógica de negócios da empresa. A ACCIONA é a empresa de serviços públicos mais ecológica do mundo, operando apenas com energia renovável, e uma inovadora em todos os campos de infraestrutura sustentável. A ACCIONA se tornou neutra em carbono em 2016, a primeira empresa nos setores de energia e infraestrutura a alcançar isso. Em sintonia com a mais recente ciência climática, a ACCIONA está comprometida a reduzir suas emissões diretas e de consumo de energia em 60% entre 2017 e 2030, como também uma redução de 47% em emissões de cadeia de suprimentos, consistente com o objetivo mais ambicioso do Acordo de Paris em limitar o aquecimento global em não mais que 1,5º C em relação aos níveis pré-industriais. As metas de redução de emissões da ACCIONA foram certificadas pela iniciativa Metas Baseadas na Ciência (Science Based Targets initiative, SBTi).

"Precisamos urgentemente que mais empresas se comprometam com caminhos regenerativos de crescimento de carbono líquido zero para evitar a ameaça da mudança climática catastrófica e irreversível", afirmou José Manuel Entrecanales, presidente e diretor executivo da ACCIONA. "Espero que mais empresas inscrevam-se no The Climate Pledge para mostraràmassa crítica de empresas que realmente precisamos mudar o comportamento de emissões de carbono".

Colis Prive

Líder em operações de última milha, a Colis Prive é especializada em entrega domiciliar e retransmissão, coletando pacotes de comerciantes eletrônicos e realizando a entrega final. Desde sua fundação em 1993, a empresa continua a se orgulhar em buscar melhorias consistentes em seus serviços de entrega. Com quatro centros na França e uma rede de 3.500 associados de entregas, a Colis Prive já entregou mais de 63 milhões de pacotes. Conhecendo o significativo impacto de suas operações no meio ambiente, a Colis Prive está comprometida a limitar suas emissões de gás de efeito estufa (greenhouse gas, GHG), com um foco especial em reduzir aquelas resultantes de entregas do último quilômetro. A empresa também está dobrando sua eficiência energética graçasàimplementação do padrão energético ISO 50001, focado em fornecer a empresas globais uma estrutura precisa para criar um sistema de gestão operacional e de energia sustentável para reduzir continuamente seu uso de energia.

"Na Colis Prive estamos comprometidos em administrar uma empresa responsável em nossas operações, e isto inclui priorizar práticas sustentáveis", disse Frédéric Pons, cofundador e presidente da Colis Prive. "Fazer parte deste projeto global confirma nosso compromisso com a Amazon para adaptar, aprender, medir e aperfeiçoar nossos processos. Estamos empolgados por sermos a primeira empresa de entrega de pacotes a juntar-se ao The Climate Pledge, e esperamos trabalhar com a Amazon, a Global Optimism e outros signatários para nos tornarmos neutros em carbono até 2040".

Cranswick plc

Como um dos maiores produtores de alimentos no Grã-Bretanha, a Cranswick plc está comprometida a integrar práticas sustentáveis em suas operações, da agricultura, abastecimento e produção. Com sua estratégia de sustentabilidade Second Nature no centro, a empresa está focada em descarbonizar suas fazendas e reduzir significativamente a perda de alimentos e desperdício geral de recursos na sua cadeia de suprimentos e produção, tudo até 2040. Nos dois últimos anos a Cranswick plc obteve progressos significativos, incluindo a mudança para energia 100% renovável fornecida pela rede, reduzindo o desperdício de alimentos comestíveis para 0,4% da produção total, e removendo mais de 1.200 toneladas de plástico de suas operações.

"Na Cranswick estamos comprometidos a administrar uma empresa responsável em nossas operações, e isto inclui priorizar práticas sustentáveis", afirmou Adam Couch, diretor executivo da Cranswick plc. "Queremos fazer parte da solução para a mudança climática, e ajudar a inspirar mudanças positivas na cadeia de suprimentos mais ampla. Acreditamos que fazer parte do The Climate Pledge reforça nosso comprometimento com a sustentabilidade e terá um papel crítico nos permitindo ser esta influência positiva".

Daabon

Com sede em Santa Marta, Colômbia, o Daabon Group é um líder na produção e processamento de culturas orgânicas como bananas, abacate Hass, café e óleo de palma na América do Sul. A empresa tem trabalhado extensivamente para administrar e desenvolver seus processos de produção de uma maneira sustentável. A Daabon foi a primeira empresa de óleo de palma orgânico a ser certificada como sustentável pela Rainforest Alliance e RSPO na América Latina. A empresa desenvolveu um processo inovador que captura o gás metano produzido pelo resíduo orgânico a ser utilizado como combustível para energia.

"Na Daabon nossa ambição é administrar um negócio sustentável e socialmente responsável", afirmou Manuel Julián Dávila, diretor executivo do Daabon Group. "Estamos orgulhosos do que nossa equipe tem alcançado para enfrentar desafios ambientais, mas podemos ir muito mais longe. Estamos convencidos que ao nos unir ao The Climate Pledge, faremos progresso significativo para alcançar carbono líquido zero até 2040".

FREE NOW

Atendendo mais de 50 milhões de passageiros em mais de 150 países na Europa, a FREE NOW reconhece a necessidade urgente de transportes mais compatíveis com o meio ambiente. A empresa já está comprometida a mudar 50% dos seus veículos FREE NOW na Europa para emissões zero até 2025 e tornar todas as viagens de passageiros livres de emissões até 2030. Para alcançar estes objetivos ambiciosos, a empresa está investindo milhões apoiando motoristas pra que mudem para veículos elétricos e promovendo opções elétricas entre clientes.

"É nossa ambição e nosso comprometimento com as cidades onde operamos para fazer nossa parte na redução de emissões e facilitar que as pessoas façam escolhas ambientalmente amigáveis", disse Marc Berg, diretor executivo da FREE NOW. "Estamos orgulhosos do progresso que já fizemos em prol dos nossos compromissos, mas podemos ir mais longe. Estamos entusiasmados por nos juntarmos a outras empresas orientadas para a sustentabilidade com o The Climate Pledge".

Generation Investment Management

A Generation Investment Management (Generation), fundada em 2004, está desempenhando um papel integral no desenvolvimento de investimentos sustentáveis e na demonstração dos benefícios a longo prazo desta abordagem. A empresa integra fatores de sustentabilidade em suas decisões de investimentos, envolvimento com empresas do portfólio, e uma ampla gama de iniciativas de defesa e impacto. A Generation está comprometida a alinhar os portfólios de investimentos com zero emissões de gases de efeito estufa (GHG) até 2040 ou antes, de acordo com as metas do Acordo de Paris para mudança climática. A empresa está ajudando a liderar esforços no setor de gestão de investimentos, para construir uma coalizão de gestores dispostos a assumir um compromisso coletivo para a meta de zero emissões líquidas. Em dezembro de 2020, isto levou ao lançamento da iniciativa Net Zero Asset Managers no quinto aniversário da conclusão do Acordo de Paris. A iniciativa foi lançada com 30 gestores de ativos como signatários fundadores, responsáveis por mais de US$ 9 trilhões de ativos sob gestão.

"Acreditamos que a mudança climática demanda ação urgente e universal", disse David Blood, sócio sênior da Generation. "Ainda há tempo de evitar que as temperaturas aumentem para níveis realmente catastróficos, mas é necessário um grande esforço para reduzir as emissões globais nesta década. Estamos com companheiros signatários do The Climate Pledge em um compromisso para líquido zero até 2040. Ao aderir ao The Climate Pledge, reforçamos nosso compromisso com a sustentabilidade e, com prazer, nos associamos a uma comunidade que compartilhará conhecimento, ideias e melhores práticas".

Green Britain Group

O Green Britain Group existe na busca da sustentabilidade através do negócio. Suas principais operações são a Ecotricity, a primeira empresa de energia ecológica do mundo, e o clube de futebol Forest Green Rovers (FGR), reconhecido pelo corpo governante global, FIFA, como o mais ecológico no jogo. Fundado pelo empresário Dr. Dale Vince OBE, o Green Britain Group está focado na abordagem de questões ambientais e de sustentabilidade em três áreas: energia, transporte e alimentação. A Ecotricity atualmente abastece mais de 200.000 residências e empresas com eletricidade 100% renovável e gás neutro em carbono, a partir de sua ampla rede no Reino Unido de parques eólicos e solares. O FGR se tornou o primeiro clube esportivo a receber a certificação neutro em carbono pelas Nações Unidas em 2017 ,e é reconhecido como o clube de futebol mais ecológico do mundo. O FGR recentemente recebeu permissão de planejamento para a construção do Eco Park, um novo estádio pioneiro, totalmente de madeira, projetado para mostrar o que é possível na busca pela sustentabilidade.

"Quando eu comecei a Ecotricity em 1995, fomos a primeira empresa de energia ecológica do mundo, e em 25 anos, as coisas percorreram um longo caminho — mas ainda há muito que precisamos fazer para termos um país sem emissões de carbono", disse o Dr. Dale Vince OBE, fundador do Green Britain Group. "Ter uma vida mais ecológica não é abrir mão de coisas — só precisamos fazer as coisas que fazemos, mas de forma diferente. Estamos ansiosos para trabalhar com a Amazon, a Global Optimism e outros no The Climate Pledge. Empresas de todos os tamanhos precisam colaborar e encontrar novas maneiras de tratar a mudança climática, e temos que levar todos nesta jornada conosco".

Hotelbeds

A Hotelbeds está dobrando seus comprometimentos ambientais para ajudar a liderar o foco no turismo sustentável. Cerficada neutra em carbono pela Carbon Footprint Ltd. pelo terceiro ano consecutivo, a empresa, que trabalha juntamente com o Conselho Global de Turismo Sustentável (Global Sustainable Tourism Council, GSTC), já está fazendo grandes avanços priorizando a redução de carbono em suas operações. Em 2020 a empresa lançou o The Green Hotels Program, com o objetivo de acelerar a transição do setor de turismo para a sustentabilidade. A Hotelbeds possui mais de 15.000 propriedades no seu portfólio certificadas como sustentáveis.

"Como os líderes em nosso setor, temos uma clara responsabilidade em demonstrar às nossas partes interessadas que operamos um modelo de negócios responsável e transparente, e que levamos muito a sério o impacto ambiental que causamos", disse Joan Vilà, presidente executivo da Hotelbeds. "Reconhecemos nossa responsabilidade crítica para proteger nosso planeta e os destinos onde operamos, e acreditamos que é a hora de dobrar nosso investimento para criar um futuro mais sustentável. Estamos empolgados para continuar este trabalho como parte do The Climate Pledge".

Iceland Foods

A Iceland Foods busca desenvolver um negócio crescente, lucrativo e responsável que faz a coisa certa para seus clientes, parceiros, comunidades e o planeta. A empresa possui um longo histórico de cuidados com meio ambiente e por exercer práticas sustentáveis, alinhando suas ambições com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. A Iceland Foods tem como foco eliminar o uso de plásticos descartáveis, e desenvolver soluções e implementar mudanças para reduzir o carbono e os resíduos associados a alimentos e bebidas. A empresa já fez grandes progressos ao reduzir sua pegada de carbono em 74% desde 2011.

"Na Iceland Foods, acreditamos que cada empresa tem uma responsabilidade moral de tomar ações ambiciosas para tratar dessas importantes e urgentes questões de sustentabilidade; e também é um imperativo comercial para qualquer empresa que espera ter um futuro", afirmou Richard Walker, diretor gerente da Iceland Foods. "Estamos honrados e encantados por sermos o primeiro varejista alimentício a fazer parte do The Climate Pledge e assumir o compromisso de sermos carbono zero até 2040".

IBM

A IBM está comprometida a alcançar o líquido zero até 2030 como parte dos seus esforços para proteger o planeta. A IBM está empenhada com a liderança ambiental há décadas, tendo emitido sua primeira política corporativa para responsabilidade ambiental em 1971. A empresa tem divulgado seu desempenho ambiental desde 1990, começou divulgando suas emissões de CO2 em 1995, e sustenta uma meta de reduzir emissões de CO2 desde o ano 2000. Em 2007, a IBM declarou publicamente sua posição sobre a mudança climática, dizendo que "a mudança climática é uma séria preocupação que garante ação significativa em uma escala global para estabilizar a concentração atmosférica de gases de efeito estufa". A IBM tem apoiado o Acordo de Paris desde 2015, e em 2019 se tornou um membro fundador do Conselho de Liderança Climática, apoiando seu plano bipartidário para um imposto de carbono com dividendo de carbono.

"A IBM tem o prazer de se juntar ao The Climate Pledge e colaborar com outros para reduzir as emissões de gases de efeito estufa", disse Jim Whitehurst, presidente da IBM. "A IBM quer ter emissões de carbono zero até 2030, antes da meta do Acordo de Paris, em linha com nosso duradouro comprometimento com o meio ambiente".

Interface

Por mais de 25 anos, a fabricante global de pisos Interface tem focado na ação climática — primeiro reduzindo as emissões de carbono em suas operações e cadeia de suprimentos, e depois reduzindo as emissões de carbono de seus produtos. No ano passado, a Interface apresentou o primeiro carpete em placas negativo em carbono do mundo quando medido da extraçãoàprodução ('cradle to gate'), e em 2018, a empresa lançou seu programa de pisos neutros em carbono, certificando que todos os produtos de piso da Interface são neutros em carbono em todo ciclo de vida do produto. Reconhecendo que pode ir ainda mais além, a Interface continua a buscar oportunidades adicionais de redução de carbono, com a meta de se tornar um empreendimento carbono negativo até 2040.

"A mudança climática é um dos maiores desafios para a humanidade, e não basta apenas limitar o dano que causamos — precisamos considerar como podemos deixar um impacto positivo", afirmou Dan Hendrix, presidente e diretor executivo da Interface. "Na Interface, nosso objetivo é reverter o aquecimento global agindo para recuperar a saúde do planeta. É por isso que estamos empolgados em fazer parte do The Climate Pledge. Apenas trabalhando juntos poderemos ser capazes de criar um clima adequadoàvida".

Johnson Controls

A Johnson Controls é a líder mundial em edifícios inteligentes, saudáveis e sustentáveis. Sua missão é reimaginar o desempenho de edifícios para atender pessoas, lugares, e o planeta. Com um duradouro comprometimento para proteger e preservar o meio ambiente, a empresa foca no empoderamento de clientes e comunidades para simplificar operações de edifícios e entregar eficiências energéticas que irão ajudá-los a alcançar suas metas ambientais. A Johnson Controls está guiando a sustentabilidade em toda a sua cadeia de suprimentos focando em soluções, pessoas, parcerias, desempenho e governança. A empresa já fez grandes avanços reduzindo sua intensidade de emissões de gás de efeito estufa, aumentando sua confiança em energia limpa, e melhorando a redução de resíduos em muitas das suas fábricas.

"A sustentabilidade está no coração da nossa empresa e é fundamental em tudo que fazemos como uma empresa", afirmou George Oliver, presidente e diretor executivo da Johnson Controls. "A mudança climática é um dos maiores desafios que o planeta enfrenta hoje. Nosso recente anúncio para alcançar emissões líquidas de carbono zero até 2040 através de inovações e tecnologias, tal como nossa plataforma OpenBlue, demonstra ainda mais nosso comprometimento para proteger e preservar o meio ambiente. Esperamos reforçar ainda mais o papel que podemos exercer trabalhando com a Amazon, a Global Optimism e outros signatários para alcançar emissões líquidas de carbono zero uma década antes da meta do Acordo de Paris".

MiiR

A MiiR é uma empresa generosamente orientada que cria recipientes para bebidas cuidadosamente planejadas através de sua missão social e ambiental. Cada produto MiiR vendido ajuda a financiar projetos rastreáveis pelo mundo, e até hoje doou US$ 1,6 milhão para ONGs focadas em causas sociais e ambientais. Desde que a MiiR foi fundada em 2010, a empresa fez parcerias com diversas organizações sem fins lucrativos em todo o mundo para financiar projetos de longo prazo, sustentáveis nos setores hídricos, sanitários e de higiene (water, sanitation, and hygiene, WASH). A empresa também lançou vários projetos focados na proteção e preservação dos recursos naturais do planeta para futuras gerações, como também investimentos em organizações e programas que criam comunidades fortes. A MiiR capacita seus clientes para que saibam o impacto de suas compras, incluindo um código de doação (Give Code) em cada produto, que permite que os clientes vejam como sua compra está ajudando a financiar estes projetos contínuos de doação.

"Água, terra, e o relacionamento que as pessoas têm com estes dois elementos são críticos para nossas vidas cotidianas, e precisamos nos certificar que estes ingredientes básicos sejam cuidados e nutridos", afirmou Bryan Papé, fundador e diretor executivo da MiiR. "A MiiR continua a enfatizar e celebrar estes elementos fundamentais, alinhando nossos projetos de doação para apoiar água limpa, um meio ambiente saudável, e comunidades fortes. Estamos bastante orgulhosos de nossas conquistas até agora, e estamos empolgados para continuar este trabalho como parte do The Climate Pledge".

Ørsted

A Ørsted está comprometida a alcançar geração de energia neutra em carbono e em operações até 2025. Anteriormente um dos serviços públicos mais intensivos em combustíveis fósseis na Europa, agora constando no ranking como a empresa de energia mais sustentável do mundo pelo índice Global 100 de 2021, a Ørsted já fez significativos avanços para este ambicioso compromisso. Desde 2006, a Ørsted tem reduzido suas próprias emissões de carbono em 87%. Hoje, mais de 30% da energia eólica offshore do mundo é instalada pela Ørsted, e ela opera a maior usina eólica offshore do mundo, a Hornsea 1 no Reino Unido, abastecendo mais de 1 milhão de residências no Reino Unido.

"A visão da Ørsted é um mundo que funcione totalmente em energia ecológica, e estamos comprometidos a ter um papel de liderança em reformular fundamentalmente como o mundo gera e consome energia", afirmou Mads Nipper, diretor executivo da Ørsted. "Tendo transformado nosso próprio negócio, agora aspiramos ser um catalisador para mudança, ajudando empresas e políticos a tomar decisões ousadas a curto prazo, porque juntos podemos reduzir a mudança climática e criar um impacto verdadeiro e significativo no mundo. É um grande prazer continuar este trabalho como parte do The Climate Pledge".

Prosegur Group

Hoje, dois membros do Prosegur Group, a Prosegur Compañia de Seguridad e sua subsidiária Prosegur Cash, estão comprometidos com zero emissões de carbono até 2040, reforçando o foco da empresa em operações sustentáveis. Como um líder global em segurança privada, o Prosegur Group está comprometido a liderar pelo exemplo na redução do seu impacto ambiental, gerando empregos de qualidade, garantindo a saúde e segurança de seus trabalhadores, obedecendo as normas, e respeitando os direitos humanos e a boa governança. O Prosegur Group já está buscando a descarbonização da sua frota de veículos, introduzindo veículos híbridos e elétricos em suas operações e frotas comerciais. A Prosegur Cash também adotou o primeiro veículo blindado do mundo 100% elétrico, um veículo de emissão zero.

"No Prosegur Group, não estamos comprometidos apenas a tornar o mundo um lugar mais seguro, cuidando de pessoas e empresas, mas também reconhecemos a ação urgente necessária para proteger e curar nosso planeta", disse Christian Gut, diretor executivo da Prosegur. "Estamos convencidos que ao nos unir ao The Climate Pledge, faremos progresso significativo para alcançar carbono líquido zero até 2040".

Slalom

A Slalom está comprometida a operar cada parte do seu negócio de modo sustentável e responsável, enquanto cria soluções inovadoras para os maiores desafios do mundo. A empresa lançou seu primeiro relatório de responsabilidade social corporativa no ano passado, que incluiu metas aspiracionais para alcançar emissões neutras em carbono e mudar para energia 100% renovável até 2030. Ao passo que a Slalom avança com seus esforços de responsabilidade corporativa em suas operações, a empresa também está escalonando sua experiência para ajudar clientes a fazer o mesmo.

"Proteger o meio ambiente para gerações futuras une diretamente o propósito e os valores fundamentais da Slalom", disse Tony Rojas, presidente da Slalom. "Acreditamos que abraçar a sustentabilidade — incluindo alcançar emissões neutras de carbono e mudar para energia 100% renovável até 2030 — nos permitirá melhorar a saúde do planeta e ajudar a atender os desafios dos nossos clientes e comunidades onde trabalhamos e vivemos. Estamos felizes em nos unir a outras empresas que estão mostrando seu compromisso de sustentabilidade através do The Climate Pledge".

S4Capital

A ambição da S4Capital para aplicar o poder da criatividade e tecnologia para o bem maior está evidenciada em uma série de ações: seu apoio aos Dez Princípios do Pacto Global das Nações Unidas sobre Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção; sua assinatura do EU Green Deal; e seu compromisso em relatar emissões de GEE a partir de 2020. Percebendo seu papel em ajudar marcas a se transformarem por dentro e por fora, a S4Capital tem como objetivo adotar práticas sustentáveis exemplares únicas entre seus pares no setor criativo e de marketing.

"Acreditamos que o foco em fatores ambientais, sociais e de governança é crucial e estamos crescendo a S4Capital de uma maneira responsável e sustentável, para benefício de todos a longo prazo", afirmou Sir Martin Sorrell, presidente executivo da S4Capital. "Há uma excelente oportunidade para nossa equipe global combinar cada uma das nossas experiências em prol do bem maior e tratar de questões globais críticas como a mudança climática juntos. É por isso que estamos empolgados em fazer parte da comunidade do The Climate Pledge. Apenas trabalhando juntos, poderemos enfrentar o desafio, reduzir nossas emissões, e alcançar carbono líquido zero até 2040".

UPM

A UPM é uma empresa líder global no setor florestal com um propósito de criar um futuro além dos fósseis. A empresa oferece alternativas renováveis e recicláveis para materiais e produtos baseados em fósseis para atenderàcrescente demanda global por opções sustentáveis. A UPM busca atenuar a mudança climática e guiar a criação de valor através de produtos inovadores, praticando silvicultura sustentável, e através de redução de emissões em sua própria produção e cadeia de suprimentos. A UPM está comprometida com a ambição da iniciativa das Nações Unidas de 1,5º C, e a meta de redução de emissão em 65% da empresa até 2030 é aprovada pela iniciativa Metas Baseadas na Ciência. A UPM deseja exercer um papel ativo colaborando com parceiros científicos e outros para que juntos orientem a mudança, e para alcançar o impacto mais alto possível.

"A UPM está comprometida a criar valor fornecendo alternativas sustentáveis para materiais não renováveis, baseados em fósseis. Estamos orgulhosos em ser a primeira empresa do setor industrial a se unir ao The Climate Pledge e esta rede de líderes de sustentabilidade global", afirmou Jussi Pesonen, presidente e diretor executivo da UPM.

Vanderlande

Como uma empresa de logística e manuseio de materiais, a Vanderlande tem priorizado a sustentabilidade como um princípio chave de suas atividades. Através de suas soluções, a empresa busca contribuir com os objetivos sustentáveis de seus clientes. A Vanderlande está focada em otimizar a eficiência energética em suas operações. A empresa implementou um software de monitoramento de energia em todos os locais dos seus principais clientes, e combinou o uso de tecnologia de energia eficiente com engenheiros de processo em um crescente número de locais para melhorar o consumo de energia.

"Estamos comprometidos em exercer nosso papel nos esforços globais para tratar da crise climática, reduzindo emissões de carbono em nossas operações", afirma Remo Brunschwiler, diretor executivo da Vanderlande. "Buscamos fazer isso sendo mais eficientes com a energia que utilizamos em nossas próprias atividades e contribuindo com os objetivos de sustentabilidade de nossos clientes. É um grande prazer aderir ao The Climate Pledge e nos comprometer a alcançar zero emissões de carbono até 2040."

Sobre o The Climate Pledge

Em 2019, a Amazon e o Global Optimism cofundaram o The Climate Pledge, um compromisso para alcançar o Acordo de Paris 10 anos antes e eliminar a emissão de carbono até 2040. Agora 53 organizações assinaram o The Climate Pledge, enviando um sinal importante de que haverá um rápido crescimento na demanda por produtos e serviços que ajudem a reduzir as emissões de carbono. Para obter mais informações, acesse www.theclimatepledge.com.

Sobre a Amazon

A Amazon é orientada por quatro princípios: obsessão pelo cliente em vez de foco no concorrente, paixão por invenção, compromisso com a excelência operacional e pensamento de longo prazo. Avaliações de clientes, compras com um clique, recomendações personalizadas, Prime, Fulfillment by Amazon, AWS, Kindle Direct Publishing, Kindle, tablets Fire, Fire TV, Amazon Echo e Alexa são alguns dos produtos e serviços pioneiros da Amazon. Para obter mais informações, visite www.amazon.com/about.

Sobre a Global Optimism

A Global Optimism existe para precipitar mudanças transformacionais em todo o setor. Alcançar um futuro com zero emissões não é um desafio distante. É um que devemos seguir no caminho por enquanto. Toda avaliação científica mostra que, para atingir a meta de zero emissões líquidas até 2050, para manter o aquecimento global abaixo de 1,5 grau Celsius, devemos reduzir pela metade nossas emissões entre 2020 e 2030. Lidar com a crise climática só é possível quando todos, em todos os lugares, fazem sua parte. Trabalhamos com coletivos de ideias semelhantes de todos os setores que estão dispostos a investir nas escolhas necessárias para essa jornada desafiadora e que afirma a vida. Para mais informações, acesse https://globaloptimism.com/.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20210220005019/pt/


Contato:

Amazon.com, Inc.

Linha direta para a imprensa

Amazon-pr@amazon.com

www.amazon.com/pr


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade