3 eventos ao vivo

Vacina de Oxford tem melhor chance de sucesso contra Covid-19, diz Ministério da Saúde

29 jun 2020
19h33
atualizado às 19h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, defendeu nesta segunda-feira o acordo fechado pelo governo brasileiro com o consórcio formado pela biofarmacêutica AstraZeneca e a Universidade de Oxford para compra de uma possível vacina contra a Covid-19, afirmando ser a candidata com melhor chance de sucesso contra o novo coronavírus.

24/06/2020
REUTERS/Amanda Perobelli
24/06/2020 REUTERS/Amanda Perobelli
Foto: Reuters

O ministério anunciou no sábado um acordo de 127 milhões de dólares para começar a produzir localmente a vacina em desenvolvimento, que já está sendo testada em humanos, inclusive no Brasil.

O secretário disse que o Brasil está ciente dos riscos, caso a vacina não cumpra todos os requisitos de licenciamento necessários, mas defendeu a escolha afirmando que há evidências no mundo de que essa é a candidata que está em estágio mais avançado e tem melhor chance de sucesso contra a Covid-19.

Se a vacina for eficaz, o acordo prevê que 100 milhões de doses estarão à disposição da população brasileira. Foi acertada também a transferência de tecnologia de formulação para a Fundação Osvaldo Cruz, que ficará encarregada da produção local.

O Brasil é o segundo país mais afetado pela pandemia de coronavírus, com mais de 1,3 milhão de casos confirmados e mais de 58 mil mortes até esta segunda-feira. Apenas os Estados Unidos têm mais casos e mais óbitos em consequência da Covid-19.

Veja também:

Polícia investiga ação do PCC nas eleições em SP
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade