PUBLICIDADE

Quem é 'Janja', a socióloga que vai se casar com Lula

Rosângela da Silva costuma se descrever como 'petista de carteirinha'; a paulista ficou conhecida quando foi à carceragem da PF receber Lula, seu namorado

22 dez 2021 11h21
| atualizado às 11h32
ver comentários
Publicidade
'Janja" namora com Lula desde 2017 e ambos pretendem se casar
'Janja" namora com Lula desde 2017 e ambos pretendem se casar
Foto: Ricardo Stuckert

A paulista Rosângela da Silva, a 'Janja', de 55 anos, ganhou os holofotes neste domingo, 19, ao lado do noivo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em uma das imagens mais reproduzidas do jantar do grupo Prerrogativas, que reuniu ontem o petista e o ex-governador Geraldo Alckmin pela primeira vez, em público, depois que tiveram início as negociações para que o ex-tucano seja vice na chapa do petista, os dois aparecem ao lado de suas companheiras.

Ao contrário de Lu Alckmin, que foi primeira-dama, Janja era pouco conhecida no mundo político. Até agora. Ela começou a ganhar destaque quando foi à carceragem da Polícia Federal em Curitiba para receber Lula, que saía da prisão. O ano era 2019, e o petista havia revelado meses antes estar "apaixonado". Quando saiu do cárcere, ele fez um discurso a apoiadores presentes no local e apresentou oficialmente sua namorada.

Na ocasião, o interesse pela 'namorada do Lula' tomou conta das redes sociais. Mas foi só a primeira vez. Meses atrás, também, Janja e o petista foram passear na praia de Picos, a 200 km de Fortaleza, e tiraram uma foto em que o ex-presidente aparecia de cueca, mostrando as coxas. A imagem viralizou.

Lula revelou estar apaixonado em maio de 2019 ao economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, que fora visitá-lo na prisão. À época, não deu muitos detalhes, exceto que se tratava de uma amiga dos tempos das caravanas da cidadania. Após a visita, Bresser-Pereira escreveu: "(Lula) Está apaixonado e seu primeiro projeto ao sair da prisão é se casar".

Janja, de fato, conhece o ex-presidente há décadas, mas o relacionamento dos dois começou em 2017, ano da morte da ex-primeira dama Marisa Letícia, que foi esposa do petista durante os anos em que ele esteve na Presidência.

Formada em Sociologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), ela é filiada ao Partido dos Trabalhadores desde 1983 e se descreve como uma "petista de carteirinha". Acompanhou o presidenciável do PT em eventos este ano, inclusive na viagem que ele fez à Europa. Nas redes sociais, ela costuma fazer declarações apaixonadas ao petista. Na última quinta-feira, 16, postou um vídeo em que Lula aparece abrindo a porta do carro para ela em Buenos Aires, na Argentina. "Tem como não amar?", escreveu.

Embora tenha dito a Bresser-Pereira, quando estava preso, que desejava se casar com Janja "assim que fosse solto", o matrimônio do petista e Janja aguarda há pelo dois anos de sua saída da prisão e ainda não tem data marcada. Meses atrás, o viúvo chegou a dizer que se casaria ainda este ano, mas é provável que a cerimônia fique para depois da campanha pelo Planalto.

Estadão
Publicidade
Publicidade