10 eventos ao vivo

MT: motoqueiros fazem buzinaço e churrasco contra Dilma

Eles circularam pelas avenidas de Cuiabá e depois se juntaram para cantar o hino nacional

15 mar 2015
15h26
atualizado às 21h24
  • separator
  • 0
  • comentários

Cerca de 300 motoqueiros, ligados a oito clubes de amantes de motocicletas em Cuiabá (MT), quebraram o protocolo e saíram mais cedo neste domingo (15), em passeata, na capital mato-grossense, para protestar contra a corrupção e pedindo o impeachment da presidente Dilma Roussef.

<p>A passeata saiu às 8 horas de um bar local</p>
A passeata saiu às 8 horas de um bar local
Foto: Keka Werneck / Especial para Terra

No entanto, afirmam que ainda vão se somar logo mais, às 16 horas, na Praça Alencastro, centro da cidade, para o ato convocado pela Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) e o movimento Muda Brasil.

A passeata saiu às 8 horas de um bar local, chamado Choppão, e circulou durante três horas e meia pelas principais avenidas da cidade. No final da manhã, cada clube organizou um churrasco para comemorar a participação política.

O empresário e motoqueiro Ademir Trindade, de 50 anos, é de um dos clubes de moto chamado “Sem Compromisso”. O grupo leva esse nome porque, segundo ele, não tem compromisso com político nenhum e nem com nada, exceto ajudar os mais carentes. “Fazemos jantares e almoços beneficentes, para atender à terceira idade e quem precisar de ajuda”, explica o empresário. Em uma Super Tenere Adventure 1200, que custa R$ 70 mil e é apropriada para viagens longas, ele se somou aos outros manifestantes, que são, na maioria, advogados, médicos e outros profissionais liberais e servidores públicos.

<p>A passeata saiu às 8 horas de um bar local</p>
A passeata saiu às 8 horas de um bar local
Foto: Keka Werneck / Especial para Terra

Por volta das 10 horas, os manifestantes pararam na Praça das Bandeiras, ao lado do Centro Político Administrativo de Cuiabá, onde cantaram o hino em frente à bandeira do Brasil.

Está nas manifestações? Mande seu registro para o nosso WhatsApp (+ 55 11 97493.4521) ou envie notícias, fotos ou vídeos pelo celular como mensagem de texto para o e-mail vc.reporter@corp.terra.com.br ou diretamente no site vcreporter.terra.com.br.

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade