0

Kerry critica colônias israelenses, mas diz que é preciso aceitar realidade

13 ago 2013
14h40
atualizado às 14h50
  • separator
  • 0
  • comentários

O secretário de Estado americano, John Kerry, afirmou durante entrevista coletiva em Brasília, nesta terça-feira, que conversou com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, sobre a construção de novos assentamentos em territórios palestinos e disse acreditar que esta decisão não deve prejudicar as negociações de paz no Oriente Médio. 

"Netanyahu foi muito franco e direto comigo e com Abbas. Ele disse que iam continuar construções já anunciadas, mas que não impactariam no processo de paz", disse Kerry, durante entrevista ao lado do ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota. "Preferíamos que eles não fizessem, mas há certas realidades que devem ser compreendidas". 

O chanceler americano afirmou que o objetivo é manter as negociações sobre aspectos mais importantes do impasse entre israelenses e palestinos. "Esperamos poder começar a discutir as questões realmente mais importantes que são a questão do Estado final, e esperamos alcançá-las em breve", acrescentou Kerry. 

Na sequência, Patriota afirmou que "esse tipo de fato consumado nao contribui para criar ambiente de resolução de conflitos". 

No último domingo, Israel avançou com os planos para construir mais de mil casas para colonos judeus em meio a uma nova rodada de negociações de paz. Mesmo assim, os palestinos não chegaram a ameaçar abertamente abandonar as negociações, que deverão participar de uma próxima rodada em Jerusalém, após uma rodada em Washington.

As negociações sobre um Estado palestino vêm sendo intermediadas pelos Estados Unidos desde o dia 30 de julho. Kerry é o principal mediador americano e internaiconal destas conversas. 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade