PUBLICIDADE

Política

Em áudio, prefeito do interior do Maranhão fala em 'comprar' emendas de R$ 2 milhões

Cirineu Rodrigues Costa, chefe do Executivo de Formosa da Serra, disse que pretendia tirar verba de funcionários da educação

29 fev 2024 - 14h14
(atualizado em 2/3/2024 às 12h09)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução: Redes Sociais

O prefeito de Formosa da Serra, no interior do Maranhão, Cirineu Rodrigues Costa, teve um áudio polêmico vazado nas redes sociais. Na gravação, ele diz que vai "comprar" emendas parlamentares para obter mais de R$ 2 milhões

No áudio, Cirineu menciona sua intenção de retirar R$ 1 milhão dos salários dos funcionários da área de educação e desviar mais R$ 1 milhão de verbas de emendas parlamentares. O prefeito também afirma que planeja obter uma transferência especial, conhecida como "emenda Pix", até maio, por meio do calendário de pagamento de emendas deste ano. Em seguida, ele menciona ao seu amigo que, nesse momento, o nomearia para um cargo.

"O deputado em maio vai botar as emendas. Eu tô é comprando as emendas, entendeu? Aí em maio eu te boto (em um cargo). Tu viu que eles votaram lá, né, pra botar até o dia 15 de junho, as emendas, porque é pra mim botar no período eleitoral. Aí entra esse dinheiro das emendas, ai nessa hora eu posso, tá?", declarou.

Em outro trecho, ele afirma estar fazendo uma "matemática" para conseguir R$ 1 milhão com os salários na área de educação da prefeitura: "Agora, lá na educação, como professor, ainda tem, eu vou botar uns 50, lá são meus. Eu fiz a matemática hoje, eu vim pra prefeitura para fazer essa matemática, pra saber quanto que dá pra botar. Não é que é tudo. É que eles mandam a previsão para gente. De primeiro de janeiro até o dia 30 de dezembro. Aí estão com a previsão aqui para fazer a matemática, aí isso que vai arrumar um milhão também."

"Quer dizer, isso é para pagar remédio, funcionários, essas coisas de saúde, transferência especial, não. Esse vou fazer uma obra, mas ai eu caço um meio de fazer uma licitação para tirar um pouquinho para ajudar na campanha, para essas coisas, entendeu? Porque eu tô é comprando. Do (deputado) Rubem Júnior não é, mas dos outros é", completou. 

Na sequência, Cirineu menciona que o deputado federal Márcio Honaiser, do PDT do Maranhão, supostamente enviaria R$ 2,5 milhões por ano para a prefeitura por meio de transferências especiais. A partir dessa verba, o prefeito afirma que conseguiria desviar R$ 1 milhão. "Ele vai me dar R$ 2 milhões e meio todo ano, quer dizer, vai me dar R$ 1 milhão e meio todo ano e vou comprar R$ 1 milhão a 10%. Márcio Honaiser. Vai dar."

No áudio, o prefeito ainda cita sua insatisfação com uma pessoa que, segundo ele, estaria devendo R$ 500 mil por conta de uma licitação. "Tá me devendo R$ 500 mil. Desde junho que ele nunca mais pagou. E eu já disse que não quero mais licitação, porque ele não paga

O Terra entrou em contato com a prefeitura de Formosa da Serra para um posicionamento do prefeito, mas não teve retorno até o momento. A reportagem será atualizada em caso de manifestação.

O que diz o deputado Márcio Honaiser

Em nota enviada ao Terra na manhã de sábado, 2, o deputado Márcio Honaiser, citado pelo prefeito nos áudios que vazaram, afirmou que irá tomar medidas judiciais cabíveis contra os envolvidos no que chamou de "ação caluniosa e difamatória". Segundo o parlamentar, ele destinou R$ 560 mil para a atenção básica de saúde de Formosa da Serra, e nenhum valor na forma de transferência especial.

"Ressalto que todas as indicações de minhas emendas foram feitas dia 23/02, portanto, a afirmação dele não somente é mentirosa como inviável", completou. "Contemplei Formosa da Serra Negra da mesma maneira que outros municípios da região, inclusive os que não tive apoio dos prefeitos, como no caso do prefeito Cirineu".

O parlamentar disse ainda que seu compromisso é melhorar a vida da população das cidades do Maranhão, que o escolheram como representante, independentemente de acordos políticos. Honaiser cobrou dos gestores o mesmo comprometimento.

"Conto com esse mesmo compromisso por parte dos gestores dos municípios, de aplicar corretamente os recursos enviados. Buscarei estar sempre acompanhando e fiscalizando esse uso para que de fato beneficie a população", disse ele.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade