0

Bolsonaro se reúne com Onyx e Moro

Encontros são realizados no dia seguinte à decisão de Fux que suspendeu as investigação sobre Queiroz

18 jan 2019
09h56
atualizado às 10h57
  • separator
  • 10
  • comentários

Um dia depois de o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux ter determinado a suspensão das investigações relativas a movimentações financeiras do ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz, o presidente Jair Bolsonaro conversa na manhã desta sexta-feira, 18, com os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública).

Bolsonaro reservou a primeira agenda do dia, às 9h, para os dois ministros. Até agora, o Planalto não se pronunciou oficialmente sobre a decisão. Fux determinou a suspensão atendendo a pedido do senador eleito e filho do presidente, Flávio Bolsonaro, para quem Queiroz trabalhava.

O ministro da Justiça, Sérgio Moro
O ministro da Justiça, Sérgio Moro
Foto: Cassiano Rosário / Futura Press

Ainda durante a manhã, o presidente recebe o ex-embaixador dos Estados Unidos no Brasil Clifford Sobel, às 11h. Também tem audiência com o presidente da Associação de Emissoras de Televisão, Márcio Novaes, com o CEO da Rede Record, Marcos Vinicius, e com o vice-presidente de Jornalismo da emissora, Antônio Guerreiro, às 11h30. Onyx Lorenzoni também participa dessa reunião.

Após o almoço, Bolsonaro recebe em seu gabinete o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, às 14h30. Na quinta-feira, o presidente dedicou uma mensagem em sua conta oficial no Twitter para falar de investimentos pretendidos na pasta. Ele defendeu ampliar a malha ferroviária e possibilitar linhas de interseção com outros transportes.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 10
  • comentários
publicidade