3 eventos ao vivo

Pezão define assistência à família de menino morto no Alemão

Estado vai arcar com despesas do traslado e sepultamento do corpo de Eduardo de Jesus, de 10 anos

3 abr 2015
19h41
  • separator
  • 0
  • comentários

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, determinou que as despesas com o traslado e sepultamento do corpo do menino Eduardo de Jesus no Piauí e a viagem dos pais serão arcadas pelo governo do estado.

<p>A m&atilde;e de Eduardo de Jesus Ferreira, 10 anos, segura a foto da crian&ccedil;a, baleada no Complexo do Alem&atilde;o</p>
A mãe de Eduardo de Jesus Ferreira, 10 anos, segura a foto da criança, baleada no Complexo do Alemão
Foto: Twitter

Em nota, o Governo do Estado do Rio de Janeiro acrescentou que técnicos da Secretaria estadual de Assistência Social estão prestando assistência e amparo psicológico à família do menino morto na quinta-feira no Complexo do Alemão.

Siga Terra Notícias no Twitter

Pezão conversou com o pai da criança, de 10 anos, nesta sexta-feira, e lhe garantiu o máximo de rigor e celeridade nas investigações. "A morte do Eduardo não ficará impune. Não podemos perder nossas crianças de maneira brutal", afirmou o governador.

Ainda segundo a nota, policiais do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e da CPP, que estavam na ocorrência, já estão respondendo a um Inquérito Policial Militar (IPM). Eles foram afastados do policiamento nas ruas e tiveram suas armas recolhidas para a realização de exame balístico.

O caso
Eduardo de Jesus Ferreira foi uma das quatro vítimas baleadas nos últimos dois dias, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro.

A Delegacia de Homicídios da capital fluminense instaurou inquérito na manhã de hoje (3) para apurar as circunstâncias da morte do menino. Foi realizada perícia no local e os familiares da criança foram ouvidos. 

Os agentes também investigam a morte de Elisabete Alves de Moura Francisco, baleada dentro de casa na tarde de quarta-feira (1º), assim como a filha, que ficou levemente ferida. Os policiais estão ouvindo familiares e testemunhas. Policiais militares foram chamados para prestar depoimento e tiveram as armas apreendidas para confronto balístico.

A presidente Dilma Rousseff emitiu nota de pesar pela de Eduardo.

"Quero expressar minha solidariedade e sentimentos de respeito neste momento de dor a Terezinha Maria de Jesus, que perdeu o filho Eduardo de Jesus Ferreira, de 10 anos, no Complexo do Alemão. Espero que as circunstâncias dessa morte sejam esclarecidas e os responsáveis, julgados e punidos", diz o comunicado.

De acordo com a Polícia Pacificadora de Nova Brasília, no Complexo do Alemão, as mortes ocorreram devido a confrontos com bandidos armados. Um policial foi ferido por estilhaços e medicado.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade