0

Mãe de menina morta queimada em ônibus no MA é transferida para Brasília

10 jan 2014
13h12
atualizado às 13h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Na noite da última sexta-feira (3), quatro coletivos foram incendiados no Maranhão</p>
Na noite da última sexta-feira (3), quatro coletivos foram incendiados no Maranhão
Foto: Clodoaldo Corrêa / Especial para Terra

Foi transferida para Brasília na noite desta quinta-feira a mãe da menina Ana Clara Sousa, 6 anos, morta após ser atingida pelas chamas de um ataque criminoso a ônibus em São Luís (MA), na última sexta-feira. Juliane Carvalho Santos, 22 anos, teve 40% do corpo queimado e foi transferida em UTI móvel para a capital federal.

Por volta de meia-noite, ela deu entrada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Segundo informações, a jovem foi direto do aeroporto para o centro médico. O Hran é considerado um hospital de referência em tratamento de queimados.

Segundo boletim médico divulgado na manhã desta sexta, a situação da paciente é estável e Juliane respirava sem a ajuda de aparelhos.

&amp;lt;a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/sistema-prisional-brasil/" href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/sistema-prisional-brasil/"&amp;gt;Sistema prisional do Brasil&amp;lt;/a&amp;gt;

Veja também:

Flagrado com dinheiro na cueca, Chico Rodrigues pede afastamento do Senado por 90 dias
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade