PUBLICIDADE

CPI da Covid aprova convocação de ex-mulher de Bolsonaro

15 set 2021 16h51
ver comentários
Publicidade

A CPI da Covid do Senado aprovou nesta quarta-feira a convocação da Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro, para depor na comissão para esclarecer suspeitas de atuação junto a suposto lobista para indicar pessoas para ocupar cargos no governo federal.

Reunião da CPI da Covid em Brasília
15/09/2021
REUTERS/Adriano Machado
Reunião da CPI da Covid em Brasília 15/09/2021 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse que há uma suspeita de que o advogado, empresário e suposto lobista Marconny Albernaz, que depõe na CPI nesta quarta, teria se valido de relações com Ana Cristina para encaminhar currículos para pessoas ocupar cargos no governo.

Munido de um habeas corpus, o empresário, entretanto, permaneceu em silêncio ao ser questionado se a ex-mulher do presidente levou adiante seus pedidos.

"Acabamos de aprovar requerimento de convocação da sra. Ana Cristina Bolsonaro. Temos certeza que seu depoimento contribuirá muito para as investigações desta CPI", disse o parlamentar, em postagem no Twitter.

Durante o depoimento, Albernaz disse ter relação com o filho mais novo do presidente, Jair Renan, por meio de quem conheceu Ana Cristina. Ele afirmou, no entanto, que não tem negócios com a família Bolsonaro.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade