Elize Matsunaga diz acreditar que ex-marido a perdoou por crime

Elize Matsunaga, condenada a 19 anos e 11 meses de prisão por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga, deixou a prisão na tarde desta segunda (30) e em um vídeo publicado por seu advogado, Luciano Santoro, afirma acreditar que o marido a perdoou. "Infelizmente não posso consertar o que se passou, o erro que cometi. Estou tendo uma segunda chance, infelizmente o Marcos não. Mas acredito na espiritualidade, que ele já tenha me perdoado e peço isso nas minhas orações", disse Elize. Marcos Kitano Matsunaga era presidente da empresa Yoki e foi morto e esquartejado por Elize, que, em 2016, foi condenada a 19 anos e 11 meses de prisão em regime fechado. Em 2019, o STJ reduziu a pena para 16 anos. Na segunda-feira, a Justiça concedeu liberdade condicional a Elize, que agora cumpre o restante de sua pena em liberdade.

Fonte: Redação Terra
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade