PUBLICIDADE

Síndica se revolta com maiô de moradora no Carnaval

Jovem divulgou nas redes sociais a advertência do prédio e conversa com a síndica: "prédio sério", disse ela

7 mar 2022 - 09h06
(atualizado em 6/4/2022 às 09h45)
Ver comentários
Publicidade
Jovem foi repreendida por causa de fantasia de Carnaval
Jovem foi repreendida por causa de fantasia de Carnaval
Foto: Instagram @bnery

Uma jovem recebeu advertência do prédio em que mora após ser flagrada usando um maiô no elevador durante o Carnaval. A peça era parte da fantasia que a cantora Bruna Nery vestia para celebração da data. Ela compartilhou o ocorrido em suas redes sociais.

"A síndica me liga 1:45 da manhã pra falar da minha roupa?!? Só pode tá de sacanagem", escreveu ela em seu Twitter, junto com a conversa via WhatsApp, em que é possível ver uma imagem de Bruna com a fantasia.

A peça era parte da fantasia que a cantora Bruna Nery usava no Carnaval
A peça era parte da fantasia que a cantora Bruna Nery usava no Carnaval
Foto: Twitter @bneryz

No bate-papo, a síndica diz que precisa conversar. Bruna reclama, então, do horário do contato e esclarece sobre a roupa: "Eu estava no Carnaval".

 

Em muitos comentários, os internautas compararam o caso ao de Geisy Arruda, que foi hostilizada na faculdade por usar um vestido rosa curto.

Bruna Nery ainda compartilhou com seus seguidores a sequência da conversa com a síndica, que diz a ela que o prédio é "sério", com "regras rígidas" e com "muitos idosos". A síndica ainda acrescentou que, pouco antes de Bruna pegar o elevador, uma família com filhos estava no mesmo local.

"Você chegar naqueles trajes é sim um problema sério. Um pouco antes, uma família tinha acabado de chegar com os filhos e seria muito desconcertante te verem vestida assim".

Na rede social, a artista reclamou do tom da síndica, mas disse que sabe das regras de boa convivência do prédio.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade