PUBLICIDADE

RS: protesto contra aumento de ônibus acaba em confronto com PMs

Manifestantes quebraram vidros da prefeitura de Porto Alegre e danificaram viaturas. Pelo menos uma pessoa ficou ferida e outra foi presa

27 mar 2013 - 19h53
(atualizado às 20h08)
Compartilhar
Exibir comentários
Policiais da Tropa de Choque fazem cordão de isolamento em volta da prefeitura
Policiais da Tropa de Choque fazem cordão de isolamento em volta da prefeitura
Foto: Diogo Sallaberry/LLPhoto Press / Futura Press

Pelo menos uma pessoa ficou ferida e outra foi presa durante uma manifestação em frente ao prédio da prefeitura de Porto Alegre (RS) no início da noite desta quarta-feira. Cerca de 300 manifestantes que protestavam contra o aumento da passagem de ônibus na cidade entraram em confronto com a Guarda Municipal e a Tropa de Choque da Brigada Militar, a Polícia Militar gaúcha.

Segundo o relato de testemunhas, os manifestantes tentaram forçar a entrada no prédio e foram impedidas pela polícia, que reagiu com bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo. O secretário municipal de Coordenação Política e Governança Local, Cézar Busatto, tentou falar com os manifestantes, mas foi agredido e atingido com tinta.

Durante o tumulto, foram quebradas várias janelas do prédio. Duas motocicletas e uma viatura da Guarda Municipal foram danificadas. Um manifestante ficou ferido e teve de ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Às 19h40, a situação havia sido normalizada, mas alguns manifestantes permaneciam em frente à prefeitura, enquanto a Tropa de Choque fazia um cordão de isolamento ao redor do prédio.

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade