3 eventos ao vivo

Rodoviários param em dia de jogo da Copa em Brasília

5 jul 2014
11h20
atualizado às 15h04
  • separator
  • 0
  • comentários

O impasse nas negociações entre rodoviários e empresários persistiu neste sábado e Brasília teve um dia de Copa do Mundo sem as linhas normais dos coletivos. O Governo do Distrito Federal (GDF) disponibilizou coletivos adicionais e, até o meio da tarde de hoje, a situação era considerada normal.

A greve foi anunciada na tarde de ontem e adentrou neste sábado em que Argentina e Bélgica se enfrentaram no estádio Mané Garrincha. Por meio do Plano Emergencial de Mobilidade Urbana, o GFD afirmou ter disponibilizado linhas adicionais de ônibus das cidades satélites e garantiu o que seria um dia sem ocorrências de vulto, segundo a Polícia Militar.

Em nota divulgada ontem, o GDF afirmou que o impasse é resultado da não assinatura de um acordo salarial que teria sido aceito por rodoviários e operadores do transporte coletivo. A expectativa da administração de Brasília era de que as linhas operassem normalmente neste sábado, mas o dia foi marcado por negociações entre as partes, intermediadas pelo governo. Rodoviários e empresários chegaram a se reunir, mas não há previsão de acordo e encerramento do paro.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade