PUBLICIDADE

Pai e filho comerciantes são mortos em assalto a mercado da família no interior do RS

Crime aconteceu na manhã de domingo, 31, em Muliterno, no norte gaúcho; polícia realiza buscas pelos criminosos

1 abr 2024 - 18h44
(atualizado às 19h10)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Dois comerciantes foram mortos a tiros durante um assalto em Muliterno (RS) na última manhã de domingo. Um dos assaltantes atingiu os comerciantes e eles morreram no local. O carro utilizado pelos assaltantes foi localizado e a suspeita é de que eles estejam escondidos em uma área de mata.
Pai e filho morrem em assalto a mercado da família no norte do RS
Pai e filho morrem em assalto a mercado da família no norte do RS
Foto: Reprodução/Eduardo Krais/RBS

Dois comerciantes, pai e filho, foram mortos a tiros durante um assalto a um mercado em Muliterno, no Rio Grande do Sul, na manhã do último domingo, 31. As vítimas, Luiz Brollo Sobrinho, 71 anos, e seu filho, Fábio Júnior Brollo, 44, foram homenageadas e sepultadas nesta segunda-feira, 1º, no município gaúcho. Outro filho de Luiz, Afrânio Leonardo Brollo, foi hospitalizado após levar coronhadas dos criminosos

O crime aconteceu por volta das 9h do domingo de Páscoa. Câmeras de monitoramento registraram o momento em que os criminosos chegam ao estabelecimento, se passando por clientes, e então anunciam o assalto. Enquanto um dos ladrões leva dinheiro dos caixas, outros dois levam pertences das vítimas que estavam no local. 

Segundo a Brigada Militar, os comerciantes se desentenderam com os criminosos. Fábio começou a brigar com dois criminosos e foi atingido por um disparo. Afrânio também foi ferido na cabeça. O pai saiu em defesa dos filhos e acabou alvejado no peito, e morreu no local. O filho baleado foi socorrido, mas não resistiu. 

Pai e filho morrem em assalto a mercado da família no norte do RS
Pai e filho morrem em assalto a mercado da família no norte do RS
Foto: Reprodução/Eduardo Krais/RBS

Após o episódio de violência, os criminosos fugiram sem levar nada.

"Temos nomes de suspeitos, mas é preciso avançar nas evidências. Ouvimos testemunhas no local e as buscas continuam" afirmou a delegada Taís Neetzow, ao jornal GZH. O Terra questionou a Polícia Civil sobre o caso, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. O texto será atualizado, se houver um posicionamento.  

A Brigada Militar realizou um cerco nas saídas do município de Muliterno, mas os assaltantes, até o momento, não foram localizados. O carro que eles utilizaram durante o crime foi localizado em um trevo de acesso. A suspeita é que eles estejam escondidos em uma área de mata, informaram as autoridades. 

Luiz Brollo Sobrinho era ex-secretário de obras do município gaúcho. Em nota nas redes sociais, a prefeitura lamentou a morte dos comerciantes e decretou luto oficial de um dia. Eles foram velados no Ginásio Municipal de Muliterno e sepultados na manhã desta segunda-feira. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade