0

Morre em Porto Alegre neto do ex-presidente Getúlio Vargas

Getúlio Dornelles Vargas Neto foi encontrado morto dentro de casa

17 jul 2017
18h59
atualizado às 19h02
  • separator
  • comentários

Morreu em Porto Alegre neste final de semana Getúlio Dornelles Vargas Neto, neto do ex-presidente Getúlio Vargas. Ele foi encontrado morto dentro do apartamento onde morava, no bairro Moinhos de Vento. Getúlio tinha 61 anos, deixando a companheira e quatro filhos.

Getúlio Dornelles Vargas Neto
Getúlio Dornelles Vargas Neto
Foto: Reprodução

O neto de Getúlio Vargas atuava como administrador de empresas e se alçou à vida pública no estado do Rio de Janeiro, onde morou por algum tempo. Recentemente retornou ao Rio Grande do Sul, onde cuidava dos negócios da família. Atualmente residia com uma das filhas, que estava em viagem nos Estados Unidos.

Conforme a polícia, o corpo de Neto foi encontrado na manhã desta segunda-feira pela empregada da casa. Ele estaria caído no chão do quarto já sem vida, atingido por um disparo de arma de fogo. Ao lado do corpo foram encontradas uma arma e uma carta.

Um inquérito será aberto para investigar as circunstâncias da morte, mas a polícia confirma se tratar de suicídio. O pai, Manuel Antônio Sarmanho Vargas, também tirou a própria vida, ainda em 1997, aos 79 anos. O avô entrou para os livros de história como sendo o primeiro e único presidente da República a cometer suicídio durante o mandato, no dia 24 de agosto de 1954, colocando fim à Era Vargas na política brasileira.

Quarto presidencial usado por Getúlio Vargas, aberto a visitação pública no Museu da República no Palácio do Catete
Quarto presidencial usado por Getúlio Vargas, aberto a visitação pública no Museu da República no Palácio do Catete
Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil
Revólver utilizado no suicídio em 24 de agosto de 1954 está exposto em visita pública ao quarto presidencial de Getúlio Vargas, no Museu da República no Palácio do Catete
Revólver utilizado no suicídio em 24 de agosto de 1954 está exposto em visita pública ao quarto presidencial de Getúlio Vargas, no Museu da República no Palácio do Catete
Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade