PUBLICIDADE

Lula lamenta ataque a tiros em escola no Paraná: "Violência que não podemos mais tolerar"

Atirador era ex-aluno do o Colégio Estadual Professora Helena Kolody, em Cambé, nesta segunda-feira, 19

19 jun 2023 - 12h37
(atualizado às 13h21)
Compartilhar
Exibir comentários
Ataque a tiros em colégio estadual do Paraná deixa ao menos um morto:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lamentou o ataque a tiros no Colégio Estadual Helena Kolody, em Cambé, no norte do Paraná, na manhã desta segunda-feira, 19. O ataque deixou ao menos um morto.

"Recebo com muita tristeza e indignação a notícia do ataque no Colégio Estadual Professora Helena Kolody, em Cambé, no Paraná. Mais uma jovem vida tirada pelo ódio e a violência que não podemos mais tolerar dentro das nossas escolas e na sociedade. É urgente construirmos juntos um caminho para a paz nas escolas. Meus sentimentos e preces para a família e comunidade escolar", escreveu Lula em seu perfil no Twitter. 

O suspeito do crime é um jovem de 21 anos, ex-aluno da escola. Segundo o governo do Paraná, ele foi até a unidade afirmando que queria solicitar documentos, quando fez os disparos. O autor, que não teve a identidade revelada, foi preso. 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dinotambém lamentou o caso. "Conversei com o governador Ratinho, do Paraná, manifestando solidariedade e colocando o governo federal à disposição para auxiliar o governo do Estado, em face da tragédia em uma escola estadual", escreveu em rede social.

O Estado do Paraná decretou luto oficial de três dias em face da tragédia. 

Presidente Lula discursa em evento no Palácio do Planalto, em Brasília
09/05/2023
REUTERS/Adriano Machado
Presidente Lula discursa em evento no Palácio do Planalto, em Brasília 09/05/2023 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade