PUBLICIDADE

DF: creche interditada três vezes pela Vigilância Sanitária é investigada após 22 denúncias de maus-tratos contra crianças

Denúncias envolvem maus-tratos contra crianças de zero a três anos; entenda o caso

29 mai 2024 - 22h12
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução/Google Street View

A Polícia Civil investiga uma creche por maus-tratos contra crianças de zero a três anos no Distrito Federal, na região Sudoeste. Na terça-feira, 28, foi deflagrada uma investigação, com operação de busca e apreensão, após 22 ocorrências policiais serem registradas na 3ª Delegacia de Polícia (DP). O nome da creche não foi divulgado.

Na ação, segundo a Polícia Civil, foram encontradas diversas irregularidades na creche. O estabelecimento, por exemplo, já foi interditado três vezes pela Vigilância Sanitária e continuava a funcionar mesmo com as advertências, seguindo sem licenciamento. Nesse caminho, as condições do local seguiam insalubres – com situações precárias de higiene e presença de baratas.

Além disso, foi constatado que a creche causa danos à saúde das crianças, já que muitos alunos apresentam sintomas de saúde como vômito, diarreia e algumas, até mesmo, chegaram à internação hospital. 

Em nota, o delegado-chefe da delegacia, Victor Dan, explicou que os responsáveis da creche tentaram ocultar provas, se desfazendo de um forno utilizado no local. “No interior do forno, foram encontradas baratas que eram chamadas pelas crianças de Nicole”, conta o delegado.

Na operação, documentos e outros materiais foram apreendidos pela Polícia Civil e seguem em análise. “A PCDF ainda busca identificar todos os responsáveis pelos maus-tratos e crimes contra a saúde pública”, complementa.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade