PUBLICIDADE

Casal reage a tentativa de assalto em MG e bate em criminosos

Após o casal reagir, um dos criminosos conseguiu fugir a pé, enquanto o outro subiu na moto e foi embora

25 mai 2024 - 13h44
(atualizado às 15h57)
Compartilhar
Exibir comentários
Casal reage a tentativa de assalto em MG e bate em criminosos
Casal reage a tentativa de assalto em MG e bate em criminosos
Foto: Reprodução

Um vídeo que viralizou nas redes sociais capturou o momento em que um casal reagiu a uma tentativa de assalto e agrediu dois criminosos que os abordaram em uma moto no bairro Jardim Brasília, em Uberlândia, Minas Gerais. 

O caso ocorreu por volta de 2h do dia 20, conforme registrado por câmeras de monitoramento. No vídeo, a mulher é vista saindo de uma residência enquanto o homem a aguardava dentro do carro. Uma moto passou na rua onde estava o casal e os suspeitos voltaram, iniciando a tentativa de assalto.

Os criminosos então retiraram o homem do banco do motorista e passaram a empurrá-lo. Com isso, o homem reagiu e agrediu um dos assaltantes. O segundo criminoso tentou retornar à moto, mas foi derrubado com uma "voadora" do rapaz. A mulher então também se envolveu na briga, desferindo golpes em um dos ladrões.

A ação durou cerca de quatro minutos, de acordo com as imagens das câmeras de segurança. Durante aproximadamente dois minutos, o casal agrediu os criminosos com socos e chutes. Os assaltantes tentaram fugir várias vezes, mas foram constantemente derrubados pelas vítimas.

Um vizinho que presenciou a cena se aproximou e juntou-se ao casal na luta contra os assaltantes. Cerca de um minuto depois, um dos criminosos conseguiu fugir a pé, enquanto o outro subiu na moto e foi embora. Nas imagens, é possível observar que os criminosos não conseguiram levar nada do casal. Enquanto os ladrões acabaram deixando para trás até mesmo os capacetes.

Em nota enviada ao Terra, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que com os dados não foi localizado o registro de boletim de ocorrência. Caso não tenha sido realizado, a PCMG orienta que as vítimas procurem a delegacia mais próxima de sua residência para a confecção do registro da ocorrência, a fim de que as medidas legais cabíveis sejam tomadas.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade