2 eventos ao vivo

Bolsonaro diz que Brasil vai enviar ajuda ao Líbano

"O Brasil vai fazer mais do que um gesto, algo de concreto, para atender aquelas pessoas que estão em uma situação bastante complicada"

5 ago 2020
12h23
atualizado às 12h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira que o Brasil vai enviar ajuda ao Líbano, depois que uma grande explosão na área portuária de Beirute sacudiu a capital do país na véspera.

Presidente Jair Bolsonaro em Brasília
20/06/2020 REUTERS/Ueslei Marcelino
Presidente Jair Bolsonaro em Brasília 20/06/2020 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

"O Brasil vai fazer mais do que um gesto, algo de concreto, para atender, em parte, aquelas dezenas de milhares de pessoas que estão em uma situação bastante complicada", disse Bolsonaro no final de uma cerimônia no Ministério de Minas e Energia, afirmando que ligou para o embaixador do Líbano no Brasil.

Logo em seguida, ao deixar o local, o presidente disse a jornalistas que o governo está em contato com representantes da comunidade libanesa em São Paulo para definir que tipo de ajuda será enviada. Bolsonaro adiantou apenas que há um avião cargueiro militar KC-390 à disposição para essa tarefa.

Uma explosão gigantesca em armazéns no porto de Beirute na terça-feira causou a morte de pelo menos 100 pessoas, feriu 4 mil e provocou ondas de choque que estilhaçaram janelas, danificaram edifícios e fizeram estremecer o chão da capital libanesa.

Veja também:

Limitar pagamentos de precatórios garante R$ 40 bilhões a novo programa social do governo
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade