PUBLICIDADE

"Avisei que não ia passar boiada", diz delegado afastado

Alexandre Saraiva celebrou a demissão do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nesta quarta-feira

23 jun 2021 18h27
| atualizado às 18h28
ver comentários
Publicidade
Alexandre Saraiva
Alexandre Saraiva
Foto: Edmar Barros / Futura Press

Alexandre Saraiva, ex-superintendente da Polícia Federal do Amazonas, comemorou a demissão do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nesta quarta-feira, 23, em seu perfil do Twitter.

“Eu avisei que não ia passar boiada”, escreveu o delegado, responsável pela denúncia contra o então ministro, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). Após a ação, Saraiva foi afastado do cargo e transferido para a delegacia da PF em Volta Redonda, no Estado do Rio.

 

Entenda

O presidente Jair Bolsonaro exonerou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nesta quarta-feira. A exoneração foi publicada no Diário Oficial da União e informa que a exoneração foi a pedido de Salles.

Pressionado, Salles alegou motivos familiares para deixar o cargo. Ele é alvo de inquérito, autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), por supostamente ter atrapalhado investigações sobre apreensão de madeira. Ele nega ter cometido irregularidades.

No mesmo decreto, Bolsonaro nomeou Joaquim Alvaro Pereira Leite como novo ministro do Meio Ambiente.

* Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade