PUBLICIDADE

Valencia diz que vai expulsar torcedores racistas; pena pode ser prisão e multa

Vini Jr foi alvo de insultos durante partida do Real Madrid pelo Campeonato Espanhol

22 mai 2023 - 12h45
(atualizado às 13h34)
Compartilhar
Exibir comentários
Racismo contra Vini Jr. começou antes da partida; veja insultos:

O Valencia anunciou que vai trabalhar para identificar os torcedores que entoaram cânticos racistas contra Vinicius Junior no duelo contra o Real Madrid pelo Campeonato Espanhol no último domingo, 21, no Estádio Mestalla.

Por meio de nota oficial, o clube espanhol afirmou que expulsará para sempre todos os torcedores que fizeram ataques rascistas contra o jogador brasileiro. A medida foi divulgada logo após o Real Madrid apresentar denúncia formal à Procuradoria-Geral do Estado espanhol por crime de ódio e discriminação.

"Valencia CF banirá para sempre torcedores do estádio que fizeram gestos racistas contra Vinícius Jr. O Clube condena veementemente este tipo de comportamento, que não corresponde aos valores do Valencia CF e dos seus torcedores", escreveu.

Vini Jr denunciou racismo na partida contra o Valencia
Vini Jr denunciou racismo na partida contra o Valencia
Foto: Pablo Morano / Reuters

Aos 25 minutos do segundo tempo da partida entre Valencia e Real Madrid, pela 35ª rodada do Campeonato Espanhol, torcedores presentes em vários setores do estádio Mestalla entoaram cantos racistas direcionados ao atacante brasileiro. O jogador identificou um dos torcedores que o ofendeu e precisou ser segurado pelos companheiros.

Outra confusão teve início por volta dos 48 minutos na área do Valencia. Após uma disputa de bola, o goleiro Mamardashvili partiu para cima de Vinicius Junior. O árbitro, então, optou por mostrar o cartão amarelo para ambos os jogadores. No entanto, a discussão prosseguiu e outros atletas acabaram se envolvendo na briga. 

Durante o empurra-empurra, o atacante Hugo Duro deu um mata-leão em Vinicius, segurando-o pelo pescoço. Depois de ser atingido, Vinicius acabou acertando o rosto de seu adversário. Em seguida, o VAR chamou Burgos Bengoetxea, que revisou o lance e optou por expulsar apenas o jogador brasileiro.

O que diz a legislação espanhola?

De acordo com o artigo 510 do Código Penal da Espanha, o crime de ódio se refere a:

- (A) Qualquer ofensa criminal, incluindo ofensas contra pessoas ou propriedade, em que a vítima, local ou alvo da ofensa é escolhido por sua conexão real ou percebida, simpatia, afiliação, apoio ou associação a um grupo conforme definido em parte B.

-(B) Um grupo deve ser baseado em uma característica comum de seus membros, como raça real ou percebida, origem nacional ou étnica, idioma, cor, religião, sexo, idade, deficiência intelectual ou física, orientação sexual ou outra similar fator.

A punição para os condenados por crime de ódios varia de pena de um a quatro anos e multa de seis a 12 meses caso se "promova ou favoreça um clima de violência, hostilidade, ódio ou discriminação contra os grupos discriminados".

Real Madrid diz que 'irá até as últimas consequências' após racismo contra Vini Jr.:

Atualmente, a legislação não permite sanções administrativas ou disciplinares. A La Liga não pode fechar um estádio ou paralisar uma partida. Essa decisão fica com o árbitro de cada partida. 

A Delegação do Governo, o Secretário de Estado da Segurança e o Ministério da Interior e Conselho de Ministros são os responsáveis por aplicar as punições administrativas contra a violência, racismo, xenofobia e intolerância, segundo a Lei 19/2007.

Racismo é crime. Saiba como denunciar

Racismo é crime, com pena prevista de até 5 anos de prisão. Ao presenciar qualquer episódio de racismo, denuncie. Você pode fazer isso por telefone, ligando 190 (em caso de flagrante) ou 100 a qualquer horário; pessoalmente ou online, abrindo um boletim de ocorrência em qualquer delegacia ou em delegacias especializadas. 

*Com informações da Gazeta Esportiva

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade