PUBLICIDADE

Tadeu Schmidt defende comunidade LGBTQIA+: "Errado é ser hétero e ter várias amantes"

O apresentador contou que já usou expressões preconceituosas no passado e, hoje, procura impedir que pessoas próximas façam o mesmo

21 jun 2024 - 11h21
(atualizado às 11h30)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Tadeu Schmidt assumiu que já usou expressões preconceituosas. Pai de uma filha queer, ele contou que tem esperanças de que a sociedade seja menos preconceituosa.
Tadeu Schmidt tem uma filha LGBTQIA+, que se identifica como queer
Tadeu Schmidt tem uma filha LGBTQIA+, que se identifica como queer
Foto: Reprodução: Instagram/tadeuschmidt

O apresentador do Big Brother Brasil Tadeu Schmidt, pai de Valentina, jovem que se identifica como uma pessoa queer, falou sobre crescer em uma época marcada pela homofobia e expressou esperança de que a sociedade se torne menos preconceituosa em entrevista à revista Quem.

“Imagino que daqui a 200 anos vão olhar para trás e pensar 'meu Deus do céu, no século 21 as pessoas se importavam com a orientação sexual dos outros. Por quê?’”, disse Tadeu. “O que interessa a orientação sexual de alguém? Isso não me diz respeito e mais: não tem absolutamente nada que diga que é errado ou que é ruim”, continuou.

Filha de Tadeu Schmidit é queer: o que isso significa? Filha de Tadeu Schmidit é queer: o que isso significa?

Atualmente com 49 anos, Tadeu contou que cresceu em um período muito preconceituoso, em que ataques homofóbicos eram mais constantes que hoje. "Eu cresci numa sociedade homofóbica. Sou de uma geração absolutamente homofóbica, que ia para o estádio e atacava o outro por xingamentos homofóbicos, que fazia piada homofóbica, que criticava alguém e falava assim 'ah, fulano tem sucesso, mas é gay, né?', como se isso fosse um problema", disse à revista Quem. 

Para o apresentador, a sociedade era muito mais preconceituosa no passado e que, hoje, embora haja progresso, ainda persistem desafios, mas acredita na possibilidade de um futuro menos preconceituoso. “É um caminho inexorável, não tem como voltar atrás”, acrescentou.

O apresentador do BBB dirigiu palavras aos pais que enfrentam dificuldades em aceitar filhos queer. “Para os pais que estão passando por esse momento de descoberta: não tem nada de errado. Não tem porque você ficar se preocupando, criticando. Não existe nada de errado na orientação sexual da pessoa. Isso diz respeito a ela”.

"Errado é trair, é você ser um casal hétero e ter várias amantes. Errado é ser desonesto, ser mentiroso. Agora a orientação sexual da pessoa? Esquece isso", afirmou.

Aprendendizado

Ele mencionou que suas filhas, Valentina e Laura, são fundamentais para ajudá-lo a perceber seus erros. "Se vejo um stand-up e tem uma piada falando de homem e mulher, eu mando no grupo da família 'vocês acham que é machismo?', e elas falam 'é machismo'. Aprendo com elas que não é só uma brincadeira. É um processo eterno [de letramento], e eu nunca vou ser à prova de falhas"

Tadeu relembrou uma situação que ocorreu há muito tempo, durante sua época como apresentador do Fantástico. "Trouxe uma fala dos anos 80, achando que não era preconceituoso. Um colega me alertou que alguém tinha se assumido gay, e eu disse 'caramba, pensei que ele era homem'".

Na época, foi corrigido pelo colega jornalista Murilo Salviano. "Ele falou 'Tadeu, homem ele é, ele não é hétero, ele é homossexual'. Fiquei meio desconfortável, 'não estou sendo preconceituoso' e, na verdade, eu estava usando um termo totalmente descabido, né? Foi um tropeço e fui evoluindo. Eu estava usando essa terminologia antiga de maneira equivocada. Aprendi e não uso mais".

O apresentou mencionou que muitas pessoas têm comportamentos preconceituosos devido a sua criação, e atualmente, quando observa alguém utilizando expressões preconceituosas, ele faz questão de corrigir.

"Às vezes, na luta pelos direitos das minorias, vai ser uma dose forte demais, outras, menos forte, mas tem que continuar porque está dando efeito. E é isso que está fazendo o ser humano ser cada vez menos preconceituoso", concluiu.

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade