PUBLICIDADE

Mara Gabrilli tem cadeira de rodas danificada em voo

É a segunda vez que a Lufthansa perdeu a cadeira de rodas da senadora. Companhia respondeu post de Mara

22 ago 2022 - 14h25
Compartilhar
Exibir comentários
Senadora reclamou de pedido para que saísse da aeronave sem que cadeira, que sofreu avarias, fosse encontrada
Senadora reclamou de pedido para que saísse da aeronave sem que cadeira, que sofreu avarias, fosse encontrada
Foto: Reprodução/Instagram (@maragabrilli)

Ontem, 21, a senadora e candidata a vice-presidente da República Mara Gabrilli (PSD-SP), da chapa de Simone Tebet (MDB-MS), teve a sua cadeira de rodas danificada pela companhia aérea Lufthansa durante um voo na Europa, quando retornava da missão diplomática da Organização das Nações Unidas (ONU). Mara contou em suas redes sociais que essa é a segunda vez que a empresa perde sua cadeira de rodas.

O acidente que deixou Mara Gabrilli tetraplégica completou 28 anos ontem, no mesmo dia do extravio e dano da cadeira de rodas. O caso aconteceu entre Genebra e Zurique. Ao pousar para a escala, os funcionários disseram não saber onde a cadeira de rodas dela estava e pediram que Mara saísse da aeronave imediatamente.

“Ao me negar a sair, me acusaram de atrapalhar o embarque de outros passageiros que ‘precisavam ir pra casa’ como se eu valesse nada e não quisesse o mesmo”, contou ela em um post no Instagram.

Uma hora e meia depois a cadeira de rodas foi encontrada, mas sem uma das rodas de apoio na parte traseira. Ao chegar a São Paulo, a companhia disse que a cadeira estava desaparecida novamente e uma funcionária informou que ela estava na Suíça, o que foi desmentido pelo comandante do voo, que devolveu a cadeira.

A companhia Lufthansa respondeu a publicação de Mara nas redes sociais. “Sentimos muito pela experiência desagradável em sua viagem. Por favor encaminhe uma avaliação. Sinceras desculpas”, comentaram.

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade