PUBLICIDADE

Mara Gabrilli sobre falta de acessibilidade no debate: "Cumpram a lei"

Cadeira da candidata a vice na chapa de Simone Tebet teve de ser carregada

29 ago 2022 - 11h17
(atualizado às 15h12)
Compartilhar
Exibir comentários
Mara Gabrilli no debate: não havia rampa de acessibilidade
Mara Gabrilli no debate: não havia rampa de acessibilidade
Foto: Reprodução

Ontem (28) à noite, nos bastidores do primeiro debate dos candidatos à presidência – organizado em um pool pelo Grupo Bandeirantes, TV Cultura, Folha de S. Paulo e Uol – a senadora Mara Gabrilli, candidata a vice na chapa de Simone Tebet, passou por um momento bem desconfortável nos estúdios da Band.

Mara, que era presença certa no debate, se deparou com a impossibilidade de chegar ao seu lugar. Não havia rampa de acesso e a cadeira de rodas de Mara teve de ser carregada por funcionários de sua equipe e da TV. Em suas redes socais, a candidata falou sobre o ocorrido e compartilhou um vídeo do momento. 

Em determinado momento, é possível ouvir alguém da equipe de organização pedindo "mil desculpas".

"A falta de acessibilidade é um problema crônico no Brasil. As barreiras estão em inúmeros lugares, até no espaço de debate à presidência da República. Não queremos pedidos de desculpas, mas ações práticas: cumpram a Lei", escreveu Mara em suas redes. Veja abaixo:

No post, Mara ressalta que milhões de brasileiros sofrem esse tipo de discriminação todos os dias pela falta de acessibilidade.

Confronto nos bastidores e falta de acessibilidade marcam 1º debate presidencial :
Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade