PUBLICIDADE

Após acusação de agressão sexual, Diplo é acusado de divulgar fotos íntimas de mulher por vingança

Em 2020, Shelly Auguste acusou o DJ de agressão sexual e violência de gênero, em agosto, ela o processou por divulgar imagens íntimas

7 dez 2023 - 16h10
(atualizado às 17h10)
Compartilhar
Exibir comentários
A jovem americana Shelly Auguste abriu um processo contra o artista em agosto deste ano
A jovem americana Shelly Auguste abriu um processo contra o artista em agosto deste ano
Foto: Reprodução: Instagram/diplo

Diplo, um dos DJs e produtores musicais mais famosos do mundo, está sendo acusado de divulgar fotos íntimas na internet por vingança. As informações foram reveladas pelo site de música Pitchfork.

A jovem americana Shelly Auguste, que abriu um processo contra o artista em agosto deste ano, afirmou ao Departamento de Polícia de Los Angeles que ele teria distribuído fotos dela nua sem sua permissão. A acusação está sob análise do procurador da cidade.

Violência contra mulher: conheça os 5 tipos Violência contra mulher: conheça os 5 tipos

Essa é a segunda vez que Shelly acusa Diplo de distribuição de conteúdo íntimo. A primeira batalha judicial aconteceu em 2020, quando ela o processou por agressão sexual, violência de gênero, intrusão intencional em assuntos privados, difamação, imposição intencional de sofrimento emocional e fraude, bem como violação de diretos civis.

Ele desmente

Em outubro de 2021, Diplo negou as acusações iniciais, porém ainda terá que participar de um julgamento civil agendado para abril de 2024. O produtor também está processando Shelly por perseguição, invasão e distribuição de materiais privados.

O advogado Bryan J. Freedman, que representa Diplo, afirmou que as novas acusações não procedem. "Por mais de três anos, Shelly Auguste vem orquestrando uma campanha difamatória contínua contra Wesley - e isso é apenas mais do mesmo", disse ele, usando o nome real do produtor, Thomas Wesley Pentz.

Como tudo aconteceu?

Shelly Auguste diz que foi procurada no Twitter por Diplo em 2014, quando ela tinha 17 anos. Os dois trocaram mensagens e se conheceram pessoalmente numa boate quatro anos depois. Em 2019, eles fizeram sexo pela primeira vez, e a relação teria sido gravada pelo produtor. No segundo encontro, ele a penetrou de forma não-consensual.

Em 2020, a jovem americana solicitou uma ordem de restrição contra Diplo, que teria conscientemente transmitido uma IST (Infecção Sexualmente Transmissível) para ela.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade