PUBLICIDADE

Ana Paula Renault discute com deputado Nikolas Ferreira durante voo

A jornalista e ex-BBB fez uma viagem de avião ao lado do deputado federal, que fez discurso transfóbico

10 mar 2023 - 14h32
(atualizado às 17h52)
Compartilhar
Exibir comentários
Ana Paula Renault e Nikolas Ferreira (PL) viajaram lado a lado em avião
Ana Paula Renault e Nikolas Ferreira (PL) viajaram lado a lado em avião
Foto: Reprodução/Instagram

A ex-BBB Ana Paula Renault compartilhou nas redes sociais uma discussão que teve com o deputado federal Nikolas Ferreira (PL) nesta sexta-feira, 10. Ela sentou ao lado do deputado durante todo o voo, e usou as redes sociais para manifestar sua indignação após o deputado fazer um discurso transfóbico na Câmara dos Deputados no Dia Internacional da Mulher, comemorado na quarta-feira, 8.

No vídeo, Ana Paula começa filmando a si mesma, dentro do avião, e diz: "Parece até ironia do destino. Olha só quem sentou do meu lado agorinha, agorinha. Nikolas, eu te indaguei se você irá continuar fazendo crimes em pleno plenário", disse.

Ana Paula Renault discute com deputado Nikolas Ferreira durante voo:

Nikolas falou sobre a agressão praticada por Ana Paula que resultou na expulsão da participante no Big Brother Brasil. "Eu não estou falando da minha participação no Big Brother. Eu estou falando do seu decoro parlamentar que foi quebrado em pleno plenário da Câmara. Você sabe que você poderia ter saído preso, né? Preso e é um crime inafiançável, transfobia. E também o decoro, você sabe. E a sua cassação, seus outros processos. Você expôs uma menina de 14 anos, estudante de um colégio de Belo Horizonte", respondeu ela.

Deputados entram com notícia-crime no STF e pedem cassação de Nikolas Ferreira por fala transfóbica:

O deputado mencionou o artigo 53 da Constituição, que diz que os deputados e senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos, e que serão submetidos a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal. Os membros do Congresso Nacional não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável.

"Você é mentirosa", disparou Nikolas. "Eu não minto. Você quebrou o decoro, você agora vai enfrentar um processo de cassação. Não é ironia do destino. Eu ontem estava divulgando uma lista para assinarem. Gente, todo mundo, vão assinar. Ele falou que vai continuar falando, diz ele disse que é opinião", finalizou Ana Paula.

O deputado não se manifestou sobre o episódio. Nas redes sociais da jornalista, ela divulgou um abaixo-assinado pedindo a cassação de Nikolas Ferreira. No Twitter, usuários compartilharam o vídeo da discussão e enalteceram a atitude de Ana Paula. 

Discurso transfóbico

No Dia Internacional da Mulher, o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) usou a tribuna da Câmara para fazer uma pregação contra o feminismo. Usando uma peruca loura, ele se apresentou como "deputada Nikole" para debochar do movimento de direitos das mulheres e defender que elas retomem feminilidade concebendo filhos e casando. A fala do deputado provocou constrangimento na sessão que, por conta da data especial, é presidida pela deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Nikolas Ferreira põe peruca, diz que é deputada 'Nikole' e prega contra feminismo no Dia da Mulher:

"Hoje, o Dia Internacional das Mulheres, a esquerda disse que eu não poderia falar porque eu não estava no meu local de fala, então eu solucionei esse problema aqui. Hoje, eu me sinto mulher, deputada Nikole", disse, colocando na cabeça uma peruca loura.

Durante discurso na tribuna, o parlamentar mineiro afirmou que o feminismo "exalta mulheres que não fizeram nada pelas mulheres". O deputado defendeu que as mulheres tenham outra postura.

"Mulheres, retomem a sua feminilidade, tenham filhos, amem a maternidade. Formem a sua família, porque é dessa forma, vocês colocarão luz no mundo e serão, com certeza, mulheres valorosas", afirmou. Nikolas disse que o lugar das mulheres está sendo roubado por homens que se sentem mulheres.

Ao final do discurso, Maria do Rosário evitou citar nominalmente Nikolas e pediu aos colegas uma "sessão respeitosa" por conta da data especial para as mulheres.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade