PUBLICIDADE

Saiba tudo sobre Dying Light 2 Stay Human

Game pós-apocalíptico será lançado em 4 de fevereiro para PC e consoles

3 dez 2021 09h22
ver comentários
Publicidade
Dying Light 2 chega no dia 2 de fevereiro de 2022
Dying Light 2 chega no dia 2 de fevereiro de 2022
Foto: Divulgação / Techland

Desde o lançamento do Dying Light original, a produtora polenesa Techland tem um lugar especial no coração dos fãs de games de zumbis. O game combina o terror de uma cidade devastada por hordas de mortos-vivos com exploração livre e movimentos de parkour. Com isso, a franquia conseguiu estabelecer uma identidade própria dentro da batida temática pós-apocalíptica.

Quase sete anos e alguns adiamentos depois, Dying Light 2 Stay Human finalmente está chegando e será lançado no dia 4 de fevereiro de 2022, sendo uma das grandes promessas do início próximo do ano.

Um pouco de história e parkour

Jogo traz mais de 1000 animações de Parkour
Jogo traz mais de 1000 animações de Parkour
Foto: Divulgação / Techland

Dying Light 2 Stay Human se passará 22 anos após os eventos de seu antecessor, tempo mais do que suficiente para que muitos infectados evoluíssem em formas ainda mais perigosas - e assustadoras - graças à fatídica “Segunda-Feira Negra”, uma série de bombardeios químicos que supostamente salvariam a humanidade, mas que acabaram causando mutações em grande escala.

Desta vez, o jogador assume o papel de Alden Caldwell, um andarilho infectado e assombrado por memórias indecifráveis que busca descobrir a verdade sobre seu passado. Devido à sua infecção, o protagonista é capaz de utilizar habilidades sobre-humanas, que o auxiliam tanto no combate corpo a corpo quanto nos movimentos de parkour.

Enquanto o primeiro Dying Light possuía cerca de 500 animações de parkour, o novo jogo ultrapassa 1000: com um sistema de movimentação ainda mais fluido, será possível correr pelas paredes, escalar, deslizar e usar as mais diversas técnicas para escapar dos zumbis e navegar rapidamente pela cidade. No mais recente episódio de Dying 2 Know, apresentado pela streamer Leah e Jonah Scott, a voz por trás de Aiden, a Techland mostrou a missão “A Place to Call Home”, com diversas mecânicas e elementos da jogabilidade e da ambientação de Stay Human.

Suas escolhas decidem o futuro da Cidade

Mapa do jogo está cerca de quatro vezes maior que o de seu antecessor
Mapa do jogo está cerca de quatro vezes maior que o de seu antecessor
Foto: Divulgação / Techland

Dying Light 2 é ambientado na Cidade, uma metrópole invadida pela natureza e cerca de quatro vezes maior do que o mapa do primeiro jogo. Dividida em sete regiões distintas, a Cidade é o último assentamento humano e tenta recuperar algo próximo de uma rotina.

Com diversos elementos de RPG, as escolhas dos jogadores afetarão diretamente o andamento da história e a balança do poder: será possível conhecer diferentes facções e fazer acordos com elas, além de tomar decisões que mudam o próprio cenário do game e a forma como personagens não jogáveis enxergam nosso protagonista.

As consequências são muitas, como o jogador sendo capaz de trazer prosperidade à uma facção enquanto destrói completamente outra. Além disso, certas decisões poderão até mesmo isolar determinadas áreas da cidade, impossibilitando concluir determinadas conquistas.

Ainda mais infectados especiais

Stay Human terá ainda mais infectados especiais
Stay Human terá ainda mais infectados especiais
Foto: Divulgação / Techland

Mesmo que a história não seja mais tão centrada nos zumbis, e sim nas relações humanas, Stay Human traz ainda mais diversidade de infectados especiais. Alguns deles, como o Viral, são resultado da infecção pelo vírus Hassan, mas diversos outros surgiram após a “Segunda-Feira Negra”, como os Howlers e os Demolishers, uma espécie de estágio final da evolução do vírus. 

Assim como no primeiro jogo, os infectados sofrem diretamente com o ciclo de dia e noite: enquanto sob a luz do sol eles são lentos e quase inofensivos, ao anoitecer eles saem para caçar e mostram toda a sua letalidade. Dying Light 2 também traz a oportunidade de explorar os ninhos do infectados, locais que os jogadores mais corajosos podem invadir durante a noite para coletar recompensas como os inibidores, seringas cheias de substâncias que impulsionam as habilidades de Aiden.

Modo coop, plataformas e preços

Modo cooperativo permitirá se unir com até quatro amigos
Modo cooperativo permitirá se unir com até quatro amigos
Foto: Divulgação / Techland

Um dos elementos mais interessantes do lançamento será o já conhecido modo cooperativo, onde será possível se unir com até quatro amigos e ver como as escolhas deles afetaram a Cidade. 

Dying Light 2 Stay Human será lançado para Xbox Series X/S, Xbox One, PlayStation 5, PlayStation 4 e PC. O jogo já está disponível para compra antecipada em três edições: Standard, Deluxe e Ultimate. 

A edição Standard chega pelo preço de R$ 264,90 nos consoles e R$ 249,00 no PC. A edição Deluxe, que garante acesso à primeira DLC de história e diversos outros cosméticos, chega por R$ 349,90 nos consoles e R$ 299,00 no PC. Por fim, a edição Ultimate, que contém todo o conteúdo da edição Deluxe, passe de expansão com duas histórias extras e ainda mais itens cosméticos, chega pelo preço de R$ 429,90 nos consoles e R$ 399,00 no PC.

 

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade