PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

PlayStation mira novos investimentos em PC e dispositivos móveis

4 out 2022 - 11h29
(atualizado às 11h32)
Compartilhar
Exibir comentários

O negócio de games da Sony mira novos investimentos para reforçar o impulso em PCs e dispositivos móveis, disse um executivo sênior do grupo, à medida que a fabricante do PlayStation 5 compete por talentos com rivais endinheirados e em meio ao aumento de transações no setor.

"Mais investimentos em áreas que fortalecerão a expansão para PC, dispositivos móveis e serviços ao vivo, essa é definitivamente uma possibilidade para nós", disse Hermen Hulst, chefe da PlayStation Studios, em entrevista à Reuters, sem fornecer mais detalhes.

A Sony, cujos estúdios são conhecidos por jogos de console 'single player' (para um jogador) como "Spider-Man" e "God of War", delineou planos ambiciosos de lançar títulos para PC e dispositivos móveis e oferecer games de serviço ao vivo ('live service games'), que fornecem contínua atualização.

A mudança radical se reflete em seus recentes movimentos no mercado, incluindo a aquisição da Bungie, o estúdio por trás da franquia multijogador "Destiny", por 3,6 bilhões de dólares. A Sony opera o estúdio fora de sua rede PlayStation Studios.

Outros investimentos incluem a compra de uma participação minoritária na desenvolvedora japonesa FromSoftware, cujo jogo de ação no formato RPG "Elden Ring" vendeu mais de 16,6 milhões de unidades.

A Sony também está produzindo um número crescente de adaptações de games, como o filme "Uncharted" neste ano, que arrecadou mais de 400 milhões de dólares em todo o mundo, e uma série de TV baseada na franquia "The Last of Us", de seu estúdio Naughty Dog, que será lançada na HBO no próximo ano.

ASPECTO DIFERENCIAL

Dado o escopo da transformação visada pelo negócio de games da Sony, os analistas esperam mais aquisições do grupo.

"Acho que eles ainda vão adicionar estúdios", disse Serkan Toto, fundador da consultoria Kantan Games.

A força da rede de estúdios do PlayStation atraiu elogios como um diferencial importante em relação à fabricante do Xbox, a Microsoft, que está tentando comprar a Activision Blizzard em uma operação de 69 bilhões de dólares.

O chefe de games da Sony, Jim Ryan, chegou a levantar objeções à operação diante do potencial impacto do mega-negócio nos usuários do PlayStation.

"Se a Sony conseguir replicar o que fez com experiências single player, mas (com) experiências multijogador em diferentes plataformas, no PC, em consoles e talvez até nos celulares" será impossível prever o resultado, disse Toto, da Kantan Games, apontando para o sucesso de jogos online como Fortnite, da Epic Games.

O impulso da Sony para outras plataformas ocorre enquanto o grupo luta para produzir unidades suficientes do PlayStation 5 devido a problemas na cadeia de suprimentos.

Os estúdios internos da Sony também estão desenvolvendo títulos para a próxima geração dos óculos de realidade virtual PlayStation VR2, que devem ser lançados no início do próximo ano.

Enquanto "Horizon Forbidden West", lançado em fevereiro, é "um mundo aberto e isso não é necessariamente muito adequado para um jogo PSVR2", a Sony está projetando títulos "sob medida" para o sistema, como "Horizon Call of the Mountain", afirmou Hulst.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade