PUBLICIDADE

Octopath Traveler II é charmosa aventura retrô

RPG da Square Enix impressiona com belos gráficos, narrativa envolvente e combate refinado

17 fev 2023 - 11h20
Compartilhar
Exibir comentários
Octopath Traveler II está disponível para PC, Nintendo Switch e consoles PlayStation
Octopath Traveler II está disponível para PC, Nintendo Switch e consoles PlayStation
Foto: Reprodução / Square Enix

À primeira vista, Octopath Traveler II parece idêntico ao seu antecessor: um RPG baseado em turnos com um sistema de combate envolvente e belíssimos gráficos em HD-2D, capazes de evocar o espírito dos mais clássicos do gênero. A Square Enix não tinha motivos para mudar a fórmula encantadora de 2018 e aproveitou a chance apenas para aperfeiçoá-la, corrigindo pequenos e importantes detalhes e tornando essa sequência ainda melhor.

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

Octopath Traveler II segue a mesma premissa do primeiro jogo da franquia. Agora ambientado no reino de Solistia, o jogo permite escolher inicialmente entre oito viajantes, cada um com seu próprio passado. Conforme progride, o jogador encontra pouco a pouco os outros sete protagonistas e, além de poder colocá-los em seu grupo, pode conhecer suas histórias e ver como todas elas se conectam - além de ter acesso ao capítulo derradeiro da aventura ao completar os capítulos dos oitos personagens. 

O jogo anterior sofria um pouco em manter o ritmo narrativo. Enquanto os personagens tinham seus primeiros capítulos cuidadosamente escritos, suas histórias perdiam o fôlego e se tornavam um pouco cansativas ou óbvias. Em Octopath Traveler II, os desenvolvedores parecem ter se dedicado mais à essa construção e criaram personagens mais profundos e complexos, com narrativas mais envolventes e que não repetem exaustivamente a mesma fórmula, mesmo sem abrir mão de alguns clichês.

Cada um deles tem características muito distintas, dentro e fora de combate, e podem usá-las durante a exploração do mundo para conseguir itens de NPCs ou escondidos pelo mapa, completar missões e ganhar acesso a lugares previamente bloqueados. Os momentos de exploração deixam claro que Solistia evoluiu em comparação a Orsterra: é um reino muito mais fascinante e cheio de segredos, com dezenas de vilarejos, masmorras e missões paralelas - elementos que tornam o grinding mais amigável, embora ainda necessário. 

Além disso, o novo sistema de dia e noite - que podem ser alternadas livremente pelo jogador ao apertar de um único botão - muda completamente a disposição de NPCs pelo mapa e dos inimigos encontrados em cada trecho, duplicando as possibilidades da aventura e dando mais controle da situação ao jogador.

Quando o assunto é combate, Octopath Traveler II passa longe de tentar se reinventar - o que é um acerto da Square. Cada adversário tem suas próprias fraquezas e é preciso aprender a explorá-las para quebrar suas defesas, deixá-los atordoados e desferir ataques mais poderosos. Os Boost Points também estão presentes e potencializam cada ataque, sendo recursos poderosos quando usados na hora certa. Mas também existem algumas novidades, como os poderes latentes de cada personagem e o novo sistema de trabalhos secundários. 

O primeiro altera o comportamento do personagem durante um turno: Osvald, por exemplo, pode concentrar um ataque mágico em área em um único alvo, aumentando consideravelmente o dano causado; Throné pode desferir dois ataques seguidos dentro do mesmo turno, o que auxilia muito na hora de atordoar algum oponente; e assim por diante. Já o segundo permite que os personagens não fiquem limitados às armas e habilidades do seu papel principal, o que aumenta consideravelmente as camadas de personalização do jogo.

Tecnicamente, Octopath Traveler II mantém a excelência de seu antecessor. O estilo visual encanta dentro e fora das batalhas, com ângulos mais dinâmicos em batalha e durante a exploração e também com um fluxo constante de partículas que dá ainda mais vida ao jogo. Por fim, a trilha sonora é um dos pontos mais marcantes da experiência e mantém a qualidade conhecida dos RPGs da Square Enix.

Considerações

Octopath Traveler II - Nota: 8
Octopath Traveler II - Nota: 8
Foto: Reprodução / Game On

Octopath Traveler II acerta ao manter todos os elementos que tornaram o primeiro jogo um sucesso. Com melhorias pontuais e uma narrativa mais cativante, o RPG pavimenta o futuro da franquia e é uma obra indispensável para os fãs do gênero. Infelizmente, o jogo não está legendado em português. 

Octopath Traveler II está disponível para PC, PlayStation 4, PlayStation 5 e Switch.

Esta análise foi feita com uma cópia gentilmente cedida pela Square Enix.

Fonte: Game On
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade