PUBLICIDADE

Entre KGB e confusões, conheça a história do Tetris

Conheça um pouco da história do título de videogame mais conhecido do mundo.

6 jun 2021 10h51
ver comentários
Publicidade

Dia 6 de junho se comemora o Dia do Tetris, junto do aniversário do jogo. Em 2021, o jogo mais conhecido do mundo completa 37 anos, e para comemorar essa data, falaremos um pouco sobre a história da criação do jogo e algumas curiosidades. Preparamos esse especial para você entender o que rolou até que o Tetris, como o conhecemos, chegasse para nós. 

Uma ideia da Rússia

Alexey Pajitnov.
Alexey Pajitnov.
Foto: Reprodução

Tetris foi criado por Alexey Pajitnov, um programador que, em 1984, trabalhava no laboratório de computadores da Academia de Ciência da União Soviética. Amando quebra-cabeças desde pequeno, ao observar como os pentominós (quebra cabeça com peças com 5 pontas) funcionavam, ele pensou que eles serviriam como uma boa base para um jogo de computador. 

Porém, observando mais a fundo os pentominós e suas 12 peças rodando ao mesmo tempo, ele optou por diminuir para tetrominós (peças com quatro pontas). Originalmente desenvolvido para o computador soviético Electronika 60, a primeira versão do que eventualmente viraria tetris contava com letras em vez de peças, já que o computador não tinha gráficos. 

Depois, para que o jogo não ficasse sem graça e para que ele não acabasse muito rápido, o engenheiro inseriu as mecânicas clássicas que fazem linhas completas desaparecerem e possibilitam a rotação de peças. Assim, a base do jogo mais famoso do mundo estava feita.

A KGB e o Tetris

O jogo foi criado e fez sucesso no seu país de origem, até que, em 1988, Alexey levou Tetris para a CES (Consumer Electronics Show), onde Henk Rogers, um homem com o trabalho de achar jogos para levar até o mercado japonês, viu o título. Ele logo comprou todos os direitos de licença que podia de Tetris, mas um último teria que passar pelo setor de exportação da União Soviética, o Elorg: vender o jogo em plataformas.

Dentre essas plataformas, a mais importante era o Game Boy, que estava muito próximo de ser lançado. A reunião, por si só, foi um tanto incomum para Rogers, já que além de Alexey, pessoas da KGB e homens de negócios estavam presentes na sala. Após essa conversa, dois agentes da KGB ainda foram para o Japão analisar o escritório de Henk Rogers. Mas, no fim, a negociação deu certo e a Nintendo pôde lançar seu Game Boy com Tetris.

A história, depois disso, é bem conhecida: Tetris vinha com cada um dos consoles Game Boy vendidos e foi sendo conhecido pelo mundo inteiro. Ocupando por muito tempo o lugar de videogame mais vendido da história, Tetris se tornou um fenômeno, sem dúvidas algumas.

Que venham mais 37 anos para o jogo dos blocos.

Fonte: Game Rant
Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade