PUBLICIDADE

Entenda as diferenças entre e-soccer e futebol virtual nas casas de apostas

Trader Ricardo Oliveira explica qual deles é o melhor para se investir

17 dez 2021 08h50
| atualizado às 08h52
ver comentários
Publicidade

Há dois tipos de mercados nas casas de apostas que utilizam o futebol jogado em videogames: um deles é o clássico e-soccer, no qual dois players controlam seus times e duelam em busca da vitória; o outro é o futebol virtual, no qual a partida é controlada por algoritmos, ou seja, funciona como uma espécie de cassino.

Ricardo Oliveira dá dicas de apostas esportivas no Instagram "O Insta do Pai" (Foto: Arquivo Pessoal)
Ricardo Oliveira dá dicas de apostas esportivas no Instagram "O Insta do Pai" (Foto: Arquivo Pessoal)
Foto: Lance!

Especialista em apostas esportivas, o trader Ricardo Oliveira, do perfil no Instagram "O Insta do Pai", com mais de 70 mil seguidores, falou um pouco sobre a diferença entre esses dois mercados e qual deles é o melhor para se investir.

"Se for o jogo no qual tem duas pessoas controlando os times, existe um jeito de pesquisar sobre esses jogadores: ver qual o melhor time, qual o melhor jogador, a média de gols que o time daquele cara faz por jogo. Ou seja, existem boas possibilidades de entrada em handicap, em número de gols na partida, mercado de ambas as equipes fazem gol ou não", explicou o influenciador.

"Baseado no histórico desses jogadores, pode-se analisar se o cara é muito bom, se faz muito gols; se ganha os jogos, mas tem uma defesa fraca. Tem como apostar neste mercado, sim, porque você vai estudar sobre aquele jogador que está manuseando o controle", completa.

Já o outro modo, controlado pelo computador, Ricardo Oliveira já não indica aos apostadores. Segundo ele, como os jogos são gravados e editados, não dá para ter a certeza de que não há manipulação.

"Os vídeos desses jogos possuem cortes. Isso dá brecha para a casa de apostas ver onde é o maior fluxo e cortar partes do jogo que irão contra ele, para que a casa vença. Não estou afirmando que as casas fazem isso, mas é uma possibilidade que existe", sugere. "Além disso, você não tem estatística e nem probabilidade nenhuma para analisar, o que se assemelha a um cassino. Eu não recomendo."

Por fim, aqueles que estão inclinados a começar a investir em jogos de futebol eletrônico, Ricardo Oliveira aconselha a seguir os mesmos protocolos de apostadores de qualquer outro esporte ou área, até mesmo em ações na bolsa de valores.

"Estude, pesquise, desenvolva um método, uma estratégia, valide esta estratégia - errando até que consiga uma assertividade que possa confirmá-la. No futebol virtual, pegue dois ou três jogadores que têm o controle na mão, pesquise sobre eles, quantos gols costumam fazer e levar por partida, para poder fazer entradas com base nos estudos que você fez. Escolha três, quatro jogadores, que seja, para você apostar sempre neles", indica.

Lance!
Publicidade
Publicidade