PUBLICIDADE

Danilo Avelar admite ter sido racista em partida online e pede desculpas

Em nota, jogador do Corinthians diz que enviou frase de cunho racista após ter sido ofendido por um adversário: "Perdi a cabeça"

23 jun 2021 11h49
| atualizado às 15h24
ver comentários
Publicidade
Danilo Avelar em treinamento
Danilo Avelar em treinamento
Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O jogador do Corinthians, Danilo Avelar, admitiu autoria de fala racista durante uma partida de CS:GO. O atleta emitiu um comunicado após circular pelas redes sociais um print do chat em que chamava um adversário de "filho de uma rapariga preta", na noite da última terça-feira (22).

Confira os detalhes no GameON Minute:

"O que eu escrevi durante a partida não condiz com o que eu penso e o que vou ensinar a meu filho. Errei, falhei e me envergonho muito disso. Na nossa sociedade temos que abolir qualquer forma de racismo. Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo, com a comunidade afrodescendente", diz a nota.

(Foto: Reprodução/twitter)
(Foto: Reprodução/twitter)
Foto: Gazeta Esportiva

A rápida e grande repercussão nas redes sociais fez com que muitos torcedores corintianos pedissem a saída de Avelar do clube, inclusive com demissão por justa causa. Na manhã desta quarta-feira (23), o Corinthians tomou conhecimento do caso. Pelo Twitter, a equipe informou que está apurando os fatos e se posicionará em breve.

A plataforma onde a partida acontecia, chamada Coliseum, já confirmou o banimento de Danilo e do outro jogador envolvido no caso.

Confira a nota na íntegra:

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade