Justiça destitui Ednaldo Rodrigues do cargo de presidente da CBF

7 dez 2023 - 15h29
Compartilhar

Ednaldo Rodrigues é destituído do cargo de presidente da CBF pela Justiça. O motivo foi uma decisão de desembargadores da 21ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira, 7. Os desembargadores consideraram ilegal o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a CBF e o Ministério Público do Rio de Janeiro, em março de 2022. Este TAC resultou na eleição de Ednaldo Rodrigues para presidente da entidade por um mandato de quatro anos. Além disso, foi determinado que o presidente do STJD, José Perdiz, assuma a entidade até uma nova eleição, em até 30 dias. Apesar da decisão unânime dos desembargadores, a CBF irá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Seu Terra












Publicidade