PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Meu time

Vasco perde para o Madureira no jogo de ida da semifinal da Taça Rio

1 mai 2021 17h23
| atualizado às 19h44
ver comentários
Publicidade

Com um jogador a menos desde o primeiro tempo, a garotada do Vasco não resistiu ao Madureira. O Tricolor Suburbano venceu por 1 a 0, neste sábado, no Conselheiro Galvão, no jogo de ida da semifinal da Taça Rio, espécie de torneio de consolação, mas com premiação na casa de R$ 1 milhão.

O técnico Marcelo Cabo optou por rodar o elenco e dar chances aos jovens jogadores. O goleiro Vanderlei foi o único considerado titular a iniciar. O treinador também promoveu a estreia do volante Rômulo, que retornou ao clube. A estratégia ficou prejudicada com a expulsão, ainda no primeiro tempo, de Laranjeira. Com um jogador a menos, o Gigante da Colina precisou mudar a maneira de jogar.

A expulsão também prejudicou a análise sobre os garotos que tiveram mais uma chance. Já Rômulo, que quase marcou no retorno, pouco jogou. Ele sentiu e foi substituído no primeiro tempo.

O Vasco, agora, vai precisar vencer o jogo de volta, no próximo sábado, às 16h, em São Januário, para avançar à final da Taça Rio. Como teve melhor campanha na fase de classificação do Campeonato Carioca, o Gigante da Colina tem a vantagem de dois resultados iguais ou de igualdade no saldo de gols. Ou seja, joga por uma vitória simples. O Madureira se classifica se empatar.

Jogadores do Madureira comemorando o gol da vitória

Vasco fica com homem a menos

A partida começou truncada e muito disputada. O Vasco assustou pelo alto. Após escanteio, Rômulo cabeceou para fora. O Gigante da Colina tentou se soltar, mas parou na trave. Léo Jabá fez boa jogada pela direita e acertou o travessão, na melhor chance do Gigante da Colina.

Dois minutos depois de quase marcar, o Vasco viu Laranjeira ser expulso, aos 28 minutos. Ele já tinha cartão amarelo e, ao tentar acertar a bola, atingiu Humberto na nunca. Levou outro amarelo e o consequente vermelho.

Marcelo Cabo precisou fazer uma mudança na reta final do primeiro tempo. Rômulo sentiu e deu lugar a Caio Lopes. Com um jogador a menos, o Gigante da Colina já havia recuado.

Madureira pressiona e marca

O técnico do Vasco reforçou a marcação na volta para o segundo tempo. No intervalo, ele sacou o centroavante Tiago Reis e colocou o volante Juninho. O Madureira partiu para cima. Rodrigo Yuri, no primeiro minuto, emendou com força, para fora, com perigo.

Elias, aos oito, também errou o alvo e mandou por cima. O Madureira conseguiu abrir o placar. Humberto deu um chapéu na área em Riquelme e viu Sillas chutar cruzado. Sampaio aproveitou cochilo da zaga e completou para a rede: 1 a 0, aos 13 minutos.

O Vasco encontrava dificuldade para criar. O Madureira voltou a assustar com Sampaio, que chutou para fora. O Gigante da Colina quase empatou, mas Juninho parou em Felipe Lacerda.

O Madureira assegurou a vitória e agora joga pelo empate para ir à final. Foi a primeira derrota de Marcelo Cabo à frente do Vasco.

FICHA TÉCNICA:

MADUREIRA 1X0 VASCO

Local: Estádio Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro

Data: 01/05/2021 (sábado)

Horário: 15h15 (de Brasília)

Árbitro: João Batista de Arruda

Assistentes: Diego Luiz Couto Barcelos e André Roberto Smith Silveira

Cartão amarelo: Edmário, Sillas, Juninho, Rodrigo Yuri e Wander (Madureira) e Bruno Gomes, Figueiredo e Juninho (Vasco)

Cartão vermelho: Laranjeira (Vasco)

Gol:

Madureira: Sampaio, aos 13′ do 2ºT

MADUREIRA: Felipe Lacerda; Bruno Oliveira (Yan Marcelo), Edmário, Maurício Barbosa e Juninho; Victor Feitosa (Wander), Rodrigo Yuri e Humberto (Rhuan); Sampaio, Sillas e Elias (Bruno Santos)

Técnico: Alfredo Sampaio.

VASCO: Vanderlei; Cayo Tenório, Ulisses (Menezes), Ricardo Graça e Riquelme; Bruno Gomes, Rômulo (Caio Lopes) e Laranjeira; Figueiredo (Arthur Sales), Léo Jabá (João Pedro) e Tiago Reis (Juninho)

Técnico: Marcelo Cabo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade