PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Meu time

Vasco inicia reforma em São Januário; arquibancadas e fachada serão revitalizadas

Após um ano de planejamento e problemas no caminho, diretoria anunciou que obras tiveram início na última segunda-feira; projeto tem duração de até 120 dias

28 jul 2021 14h46
| atualizado às 14h46
ver comentários
Publicidade

Nesta quarta, o Vasco anunciou o início das obras em São Januário, programada desde 2020, na última segunda-feira. Após assinar memorando de intenção com a WTorre para a reforma, a empresa deu um passo atrás, mas o Cruz-Maltino seguiu com o projeto. A partir da renovação do contrato com a Ambev, o clube pode executar o planejamento de revitalização de sua sede social e irá divulgar o cronograma do empreendimento.

Após WTorre dar passo atrás na reforma, clube assumiu maior a responsabilidade (Foto: Divulgação/ Vasco Twitter)
Após WTorre dar passo atrás na reforma, clube assumiu maior a responsabilidade (Foto: Divulgação/ Vasco Twitter)
Foto: Lance!

"O Club de Regatas Vasco da Gama iniciou, nesta segunda-feira (26/07), mais uma importante fase da valorização de um dos principais patrimônios do Clube: o estádio de São Januário. Foram iniciadas obras estruturais e de manutenção da Colina Histórica, com recursos provenientes da renovação contratual com a Ambev, comunicada no início de maio e que teve como primeiro grande resultado institucional a autossustentabilidade do futebol feminino.

Ao longo dos últimos anos, o estádio de São Januário deteriorou-se por falta de investimentos e manutenção adequada. Após uma série de mapeamentos e estudos técnicos, e corroborando com um dos grandes objetivos da gestão Jorge Salgado de valorização do nosso Patrimônio, identificou-se a necessidade de diversas intervenções estruturais no local.

Desde abril alguns pontos da sede de São Januário encontravam-se com restrições de acesso para algumas dessas manutenções, movimento planejado para anteceder as atuais obras e comunicado internamente a todos os colaboradores do Vasco da Gama que usufruem do espaço diariamente em suas rotinas de trabalho.

As ações corretivas e preventivas iniciadas nesta semana, lideradas pela Vice-Presidência de Patrimônio do Clube, têm como principal objetivo proporcionar um ambiente mais seguro aos torcedores vascaínos quando da reabertura do estádio para recebimento do público. Entre as intervenções previstas estão a manutenção estrutural de marquises e arquibancadas, recuperação e pintura da fachada principal e halls, e reformas da marquise de vidro da fachada, oficinas, vestiários de funcionários e telão. A entrega das obras será por etapas com previsão final de até 120 dias.

Além das necessidades supracitadas, o Vasco da Gama cumpre ainda adequações, solicitadas por órgãos fiscalizadores, em diferentes espaços da sede de São Januário, que contribuirão para a entrega de melhores condições no ambiente de trabalho de seus funcionários. Cabe destacar as adequações nas áreas onde são executados diversos serviços de manutenção em atendimento à São Januário, assim como para todas as sedes e centros de treinamento, presentes no escopo de trabalho da equipe do Patrimônio, responsável pela manutenção e valorização do estádio.

Durante o período de obras, algumas novas restrições de acesso serão sinalizadas em diferentes pontos do Clube. Não haverá qualquer alteração de escala de trabalho dos funcionários, e o Tour da Colina segue sua rotina usual.

Existe também um plano de ação em andamento para as demais sedes cruzmaltinas, que será prontamente comunicado tão logo as intervenções se iniciem nesses locais. Prezando pela transparência que rege a atual gestão administrativa, o Vasco da Gama informará em breve aos seus associados, funcionários e torcedores os cronogramas previstos para tais melhorias também na sede náutica da Lagoa e no Calabouço."

Lance!
Publicidade
Publicidade