PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Ramón Díaz exalta grandeza do Vasco e despista sobre permanência no clube para 2024: 'É momento de aproveitar'

Argentino elogiou postura dos jogadores durante a temporada

7 dez 2023 - 02h48
(atualizado às 14h39)
Compartilhar
Exibir comentários

Principal peça na permanência do Vasco na Série A do Brasileirão, o técnico Ramón Díaz comemorou o triunfo sobre o RB Bragantino, mas mandou um recado para os dirigentes. Em coletiva, o comandante afirmou que o clube não deve passar pelo que passou em 2023.

Foto: Lance!

- Foi um dos objetivos mais difíceis que vivi. Tive a possibilidade de vir ao Botafogo, mas por um problema que tive, não pude trabalhar e tive que sair. Quando apareceu o Vasco, falei com todo meu corpo técnico e queríamos vir ao Brasil. É uma das ligas mais importantes do mundo e um desafio importante. Os jogadores foram os protagonistas de tudo isso. Tiveram uma mudança de mentalidade, de treinamento, de trabalho. Pelo caráter dos jogadores, do que transmitimos todos juntos, a mentalidade foi de uma equipe grande. O Vasco é um time grande e não tem que passar nunca mais por essa situação. Deve ter mentalidade de time grande. Tudo se pode conquistar. Isso é um exemplo para todos. Nos sentimos orgulhosos de estar em uma das melhores ligas e ter feito o que fizemos.

Apesar de elogiar o clube, Ramón Díaz despistou quando questionado sobre seu futuro no Vasco. O treinador afirmou que esse momento é para aproveitar após toda a tensão vivida na temporada com o risco da queda para a Série B e afirmou que decidirá o que fazer nas próximas semanas.

- Estamos muito felizes do que fizemos. Estamos aproveitando um momento lindo e depois veremos o futuro.

Ramón Díaz também comentou sobre a entrada de Serginho, que foi o autor do gol da vitória do Vasco sobre o RB Bragantino e que encerrou a partida como um dos protagonistas na permanência. Apesar de não ser um dos atletas mais valorizados no elenco, o atacante foi decisivo no jogo mais importante da temporada.

- Já havia jogado com o Fluminense, já havia ido bem. Na partida anterior, pela esquerda, gostei muito como estava treinando, trabalhando. Fez a diferença no jogo, tem muita capacidade, muito controle. Tínhamos que resolver um problema quando o Payet saiu, então lhe dei confiança, lhe dei tranquilidade. Disse que fosse profundo, porque era o que necessitávamos. Demos a oportunidade, pois ele também pode resolver coisas e importante e tivemos a sorte de que isso aconteceu.

Com os três pontos, o Vasco chegou na 15ª colocação do Campeonato Brasileiro e irá iniciar o planejamento para 2024. Em janeiro, o Cruz-Maltino estreia no Campeonato Carioca diante do Boavista.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade