PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

New York Times analisa empresa 777 Partners; Vasco é citado no artigo

Matéria do New York Times analisa como a empresa 777 Partners está atuando no mercado da bola.

10 out 2023 - 13h16
(atualizado às 15h25)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Esporte News Mundo

O jornal nova-iorquino publicou nesta terça-feira um artigo analisando a situação da SAF do Vasco da Gama, a 777 Partners. A matéria averigua como a 777 Partners está atuando, e os atrasos no pagamento de seus aportes. O Vasco, clube participante da SAF, aguardava o segundo aporte de 110 milhões desde 5 de setembro, onde a 777 alegou que iria atrasar devido problemas burocráticos, e até o começo de outubro, ainda não haviam efetuado a entrega do valor combinado. Na última quinta-feira (5), foi enviada a primeira parte do aporte, no valor de R$ 38,5 milhões, e no dia seguinte, mais R$ 36 milhões, restando ainda mais R$ 36 milhões para receber.

A matéria realizada pelo New York Times "The Mystery Company With One Foot in the Premier League" comenta sobre como a empresa 777 Partners vem agindo e como é difícil confirmar os detalhes financeiros da empresa, onde de acordo com a informação de ex-funcionários, além dos negócios serem privados, os sócios proprietários Josh Wander e Steve Pasko controlavam de perto todas as ações.

Caso concretize a compra do Everton, time da Premier League, a 777 Partners passará a ser dona de 8 clubes, sendo eles o Vasco, o Genoa da Itália, o Red Star da França, Standard Liège da Bélgica, Hertha Berlin da Alemanha, o Melbourne da Austrália e uma pequena parte do Sevilla, da Espanha. Todas essas equipes passavam por crises financeiras e assim foram comprados pela SAF.

No artigo de Nova York, é citado que a grande maioria dos negócios da 777 Partners é realizado por meio de empréstimos, sendo um dos seus maiores investidores a A-Cap, empresa privada que trabalha na área de seguros e investimentos, afirmaram ex-funcionários. Além disso, a empresa 777 possui processos relacionados a atrasos de pagamentos, o que é algo que preocupa o clube. No último mês, o Vasco percebeu que a empresa havia enviado 25 milhões de dólares para o Everton, o que era o valor aproxima que a 777 Partners devia para o clube Cruzmaltino, de acordo com o que tinha sido combinado no aporte.

O Vasco, clube que tenta fugir da zona de rebaixamento, após o empate contra o São Paulo no último sábado (7), ocupa neste momento a 17ª posição com 27 pontos e irá receber o Fortaleza em São Januário, na quarta-feira (18), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube terá 11 dias desde o último jogo para treinar, devido a pausa da Data FIFA.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade