0

Após empate, Ponte Preta oficializa contratação de Guto Ferreira

23 set 2012
18h50
atualizado às 19h22

A contratação de Guto Ferreira já era iminente, mas a diretoria da Ponte Preta esperou a conclusão da partida da equipe contra o Vasco da Gama e do duelo entre Mogi Mirim, equipe treinada por Guto, contra o Cianorte, pela Série D do Campeonato Brasileiro, para anunciar oficialmente a contratação.

Zé Sergio (à dir.) foi quem comandou a Ponte contra o Vasco
Zé Sergio (à dir.) foi quem comandou a Ponte contra o Vasco
Foto: Luis Moura / Gazeta Press

"Esperamos o final da partida em respeito à instituição, ao Mogi Mirim e ao profissional Guto Ferreira", declarou Marcus Vinicius, coordenador técnico de futebol da Ponte Preta.

Guto era um dos três principais nomes que integravam a lista de opções da Ponte para substituir Gilson Kleina, que se transferiu para o Palmeiras no meio da semana. Também constavam nela os técnicos Geninho, atualmente no comando da Portuguesa, e Péricles Chamusca, que está no futebol árabe.

"Geninho era um dos treinadores que estavam na lista, assim como Péricles Chamusca. Mas por 'n' situações a gente preferiu trazer o Guto. Outros foram oferecidos, mas os valores eram absurdos e a Ponte tem a sua linha de trabalho", disse.

O contrato de Guto Ferreira com a equipe campineira terá inicialmente a duração de 12 partidas, as últimas do Campeonato Brasileiro, mas a renovação para a próxima temporada não é descartada pelos dirigentes da Ponte. A apresentação oficial do novo treinador acontece nesta segunda-feira, às 17h (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade