1 evento ao vivo

Tenistas italianos são banidos por manipulação de resultados

7 ago 2015
11h19
  • separator
  • 0
  • comentários

Os tenistas italianos Daniele Bracciali e Potito Starace foram banidos nesta quinta-feira pela Federação Internacional de Tênis (ITF). Ambos os atletas foram considerados culpados após terem seus nomes envolvidos em apostas e manipulação de resultados no início de 2015. Em fevereiro deste ano, os atletas já haviam sido suspensos pelo mesmo motivo.

Na época da suspensão, os jornais italianos relataram que os tenistas venderam partidas em competições nos anos de 2007 e 2011. As informações vieram à tona por fazerem parte de um arquivo que investigadores recolheram durante as buscas sobre as manipulações do futebol no país europeu.

Dupla italiana Daniele Bracciali e Potito Starace foi banida do esporte por manipulação de resultado
Dupla italiana Daniele Bracciali e Potito Starace foi banida do esporte por manipulação de resultado
Foto: Julian Finney / Getty Images

Bracciali e Starace são reincidentes. Há sete anos, os italianos foram punidos por um esquema de apostas e acabaram suspensos. Além deles, outros três tenistas foram pegos na época: Alessio di Mauro, Giorgio Galimberti e Federico Luzzi.

Com 37 anos, Bracciali abandonou o esporte em fevereiro, em decorrência do escândalo. Já Starace, de 34 anos, não entra em quadra pelo circuito profissional desde abril.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade