2 eventos ao vivo

Sul-africano supera vice do Rio Open e vai à final nos EUA

8 set 2017
22h43
atualizado em 9/9/2017 às 10h17
  • separator
  • comentários

A surpreendente campanha de Kevin Anderson ganhou mais um capítulo. Nesta sexta-feira, o sul-africano 32º colocado do ranking da ATP enfrentou o espanhol vice-campeão do Rio Open 2017, Pablo Carreño-Busta (19º), pelas semifinais do Aberto dos EUA, e venceu por 3 sets a 1 (4/6, 7/5, 6/3 e 6/4).

Aos 31 anos, Anderson chegou à sua primeira final de Grand Slam da carreira.
Aos 31 anos, Anderson chegou à sua primeira final de Grand Slam da carreira.
Foto: Reuters

Aos 31 anos, Anderson chegou à sua primeira final de Grand Slam da carreira. Antes da semi, ele passou pelo norte-americano Sam Querrey (21º), na última terça-feira, pelas quartas de final do torneio.

Mesmo com a surpresa em ter conseguido a classificação para a decisão de um importante torneio, o africano não teve um dos caminhos mais difíceis até chegar na final. Seu adversário mais bem ranqueado ao longo do caminho foi justamente Carreño-Busta.

Em uma partida de quase três horas de duração, Anderson saiu perdendo, mas conseguiu se recuperar, se tornando arrasador no saque, para empatar e encaminhar a virada. Depois de perder a primeira parcial, o vencedor da noite fez um total de 18 aces para garantir a vaga na decisão.

Pela grande final do US Open 2017, Anderson ainda terá que esperar para conhecer seu futuro oponente. Ele encara o vencedor do duelo entre os experientes Rafael Nadal e Juan Martín Del Potro, que se enfrentam ainda nesta noite.

veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade