0

Marcelo Melo brilha e final pode ter dois brasileiros pela primeira vez na história

18 nov 2017
13h06
  • separator
  • comentários

Neste sábado, o Brasil garantiu mais uma ida à uma das mais importantes finais do mundo do tênis. Depois de se classificarem com antecedência para as semifinais, Marcelo Melo e Lukasz Kubot derrotaram o americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus, por 2 sets a 0 , parciais 6/1 e 6/4 e garantiram ida para final do ATP Finals.

Com um primeiro set beirando a perfeição, Melo e Kubot fecharam a primeira parcial por 6/1, sem dar a menor chance dos adversários de ganharem a vantagem no jogo. Já no segundo set, Venus e Harrison melhoraram o desempenho e deram trabalho ao quase quebrarem o serviço do brasileiro e do polonês no quarto game, porém foi a hora de Kubot sacar excepcionalmente e confirmar o serviço. No fim, Melo fez ótimas devoluções e garantiu a vitória e a classificação para a final do torneio.

Agora, Melo pode ter pela frente a dupla Bruno Soares e Jamie Murray. Caso isso aconteça, será a primeira vez na história do tênis que dois brasileiros estarão na final do ATP Finals, seja em torneios de simples ou de duplas. Marcelo já teve a sensação de jogar a final em 2014 ao lado do croata Ivan Dodig, porém foram derrotados pelos irmãos Bob e Mike Bryan.

Curiosamente, naquele mesmo ano Melo conseguiu sue primeiro título de Grand Slam na carreira. O brasileiro jogou ao lado de Dodig contra os americanos e venceram a final de Roland Garros, fazendo história já que foi a primeira conquista brasileira em Majors em torneios masculinos de duplas.

Mesmo se não conquistar o título no próximo domingo, Melo tem muito a comemorar pela sua parceria com Kubot. Essa será a décima final da dupla neste ano e os dois conseguiram três títulos de Master 1000 além da incrível conquista do torneio de Wimbledon, o mais tradicional do mundo do tênis. Caso Marcelo ou Soares conquistem o título, o Brasil terá uma conquista em todos os Grand Slam de duplas, além do ATP Finals.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade