0

Maior campeão do ATP Finals, Federer fica fora após 15 anos

12 nov 2016
09h41
atualizado às 10h30
  • separator
  • comentários

O torneio do ATP World Tour Finals, que será realizado em Londres, do dia 13 ao dia 20 de novembro, reúne os oito melhores tenistas homens ranqueados pela ATP, que por sua vez se dividem em dois grupos de quatro participantes cada para competir. Na edição de 2016, uma ausência forte será sentida: a do suíço Roger Federer.

O suíço Roger Federer
O suíço Roger Federer
Foto: EFE

A tradição do veterano multicampeão no torneio é incontestável. O ex-número 1 do mundo é quem mais venceu o ATP Finals na história, com seis conquistas. E neste ano será a primeira vez desde 2001 que a competição ocorre sem Federer, participante durante 15 edições seguidas.

Federer se sagrou campeão nos anos de 2003, 2004, 2006 e 2007, quando o nome dado ao campeonato ainda era Tennis Masters Cup, e ainda levou o título mais duas vezes já com o nome atual, em 2010 e 2011. Ainda foi finalista em 2005, derrotado pelo argentino David Nalbandian, e também 2012, 2014 e 2015, vencido em todas as ocasiões pelo sérvio Novak Djokovic.

Para 2016, a grande atração deve ficar para a definição de quem terminará o ano como o líder do ranking da ATP. Andy Murray ultrapassou Djokovic na ponta e agora se foca em ter bom desempenho em Londres para manter o primeiro lugar, enquanto o sérvio deseja recuperar o posto ainda nesta temporada.

Os grupos do ATP Finals já estão definidos. O grupo 1 terá Andy Murray, o suíço Stan Wawrinka, o japonês Kei Nishikori e o croata Marin Cilic. O grupo 2 fica com Djokovic, o canadense Milos Raonic, o francês Gael Monfils e o austríaco Dominic Thiem.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade