PUBLICIDADE

Copa Davis

Murray descarta Copa Davis e causa polêmica em seu país

3 jan 2010 - 11h27
(atualizado às 11h48)
Compartilhar

A intenção era a melhor possível, mas o anúncio de Andy Murray de que não participará do próximo confronto da Copa Davis está lhe causando muitas críticas na Grã-Bretanha. Neste domingo, o escocês partiu em sua própria defesa, ressaltando que astros como Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic também já não disputaram confrontos pela competição e retornaram depois.

» Com folga, Espanha bate EUA e lidera Grupo A da Copa Hopman

» Chuva adia estreia de Bellucci para segunda-feira

» Kim Clijsters abre temporada com vitória

» Contra ex-top 15, Bellucci estreia na madrugada de domingo

Murray, 22 anos, estreou na Copa Davis em 2005 e desde então vem constatando a decadência britânica na competição. Fora ele, o país tem seu melhor representante no ranking, Alex Bogdanovic, na 163ª posição e, assim, frequenta atualmente o Grupo 2 do Zonal Europeu, o equivalente à terceira divisão do evento.

Nesse contexto, o número quatro do mundo abriu mão de enfrentar a Lituânia entre 5 e 7 de março. Embora a opção tenha sido aprovada até pela federação de tênis local, que julga que o atleta deva se focar em Grand Slams, ele acabou bastante criticado.

"Não acho que seja o caso de eu ter abandonando a Grã-Bretanha. Já disputei muitas partidas", argumentou o escocês, cujo histórico na competição engloba 11 vitórias e seis derrotas.

Justificando-se, Murray apontou que, diante de um rival que não ostenta nenhum tenista no top 300, agora "é uma boa hora para os caras mais jovens ganharem jogos".

Com os companheiros mais experientes, o destaque espera colher melhores resultados.

"É injusto me criticar. Muitos jogadores melhores que eu já não disputaram a Davis", disse, modesto. Desgastados fisicamente, Nadal e Djokovic chegaram a desfalcar Espanha e Sérvia na última temporada. Já Federer, líder do ranking, não defende a Suíça na primeira rodada desde 2005, pois seu foco é o circuito profissional.

Número 4 do mundo, Andy Murray prioriza circuito profissional à Davis
Número 4 do mundo, Andy Murray prioriza circuito profissional à Davis
Foto: / Getty Images
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra