1 evento ao vivo

Após 'semana desastrosa', Raí faz reunião para cobrar jogadores do São Paulo

Equipe perdeu duas partidas seguidas jogando no Morumbi e está fora do G-4

12 nov 2019
18h13
atualizado às 18h13
  • separator
  • 0
  • comentários

Os jogadores do São Paulo se reapresentaram nesta terça-feira com uma reunião de cobrança da diretoria. Raí, diretor de futebol, reuniu-se com o elenco no gramado, antes do treino no CT da Barra Funda, por mais ou menos 40 minutos.

Raí, diretor de futebol do São Paulo
Raí, diretor de futebol do São Paulo
Foto: Divulgação/São Paulo / Estadão

Depois de duas derrotas, para Fluminense (2 a 0) e Athlético-PR (1 a 0), o São Paulo perdeu a vaga no G-4 e agora é o quinto colocado, com 52 pontos. O próximo jogo do São Paulo será contra o Santos, sábado, às 17h, na Vila Belmiro. Após a derrota de domingo, Raí classificou a semana como "desastrosa". A torcida protestou na frente do Morumbi no domingo.

A diretoria mostrou sua insatisfação com o desempenho do time em função dos investimentos realizados na temporada. O clube contratou atletas como Daniel Alves, Hernanes, Juanfran, Pablo e Pato, entre outros. Raí, que já havia dito publicamente que haveria cobrança interna, decidiu expôr os objetivos da diretoria para a parte final da temporada. O clube quer uma vaga na fase de grupos da Libertadores de 2020.

A comissão técnica de Fernando Diniz participou da conversa, mas não foi o alvo central das críticas. Por enquanto, a ideia do diretor é manter o treinador, mas o cenário pode mudar dependendo dos resultados. Diniz é quarto técnico a dirigir o São Paulo no ano - os outros três foram André Jardine, Vágner Mancini e Cuca.

Além da reunião de cobrança, um encontro entre os diretores executivos no CT foi realizado na Barra Funda. A reunião semanal entre os dirigentes das diferentes áreas (jurídico, financeiro, futebol e marketing, entre outros) normalmente acontece no Morumbi, mas nesta terça-feira foi no CT. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, participou da conversa.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade