PUBLICIDADE
Logo do Santos

Santos

Favoritar Time

Santos vence e vai á final depois de oito anos

Com a vitória por 3 a 1 sobre o Red Bull Bragantino o time da Vila Belmiro vai á final e espera Palmeiras ou Novorizontino que se enfrentam amanhã

27 mar 2024 - 22h51
(atualizado às 22h51)
Compartilhar
Exibir comentários
(
(
Foto: Divulgação/Santos FC / Esporte News Mundo

O Peixe está de volta a decisão do campeonato paulista. O time bateu o Red Bull Bragantino esta noite na Neo Química Arena por 3 a 1 e decidirá o título estadual, algo que não acontecia desde 2016 quando o time venceu o Audax Osasco e conquistou seu último título.

Joaquim, Guilherme e Giuliano foram os responsáveis pelos gols do Santos na partida, enquanto Eduardo Sasha marcou para o Red Bull Bragantino. O Peixe teve que jogar com um jogador a menos nos minutos finais devido à expulsão de Hayner.

Os três gols do Santos foram marcados em jogadas de bola aérea, aproveitando o congestionamento no meio-campo. O Peixe explorou bastante as jogadas pelos lados do campo para criar oportunidades de gol.

O jogo começou de forma eletrizante em Itaquera. Depois de um período inicial de estudos, as duas equipes começaram a se soltar e avançar constantemente no campo de ataque com a posse de bola. O Santos passou a criar perigo nas jogadas aéreas, e foi dessa forma que abriu o placar com Joaquim.

O gol aumentou ainda mais a atmosfera na Neo Química Arena e estimulou o ânimo do Santos. Apoiado por sua torcida, o Peixe teve chances claras de ampliar a vantagem antes mesmo dos 30 minutos, mas encontrou resistência na defesa adversária. Por outro lado, o Bragantino não se intimidou e também ameaçou em pelo menos duas oportunidades com chutes de fora da área.

O Santos ampliou sua vantagem no momento em que o Bragantino estava melhor no jogo. O Massa Bruta dominava a posse de bola e criava oportunidades de perigo quando o Peixe foi letal em uma de suas poucas investidas ao ataque no final do primeiro tempo, novamente em uma jogada de cruzamento na área, que resultou em um gol de Guilherme.

Apesar de não ter participado diretamente dos gols, Giuliano foi uma peça importante para o Santos durante a primeira etapa. De volta após lesão, o camisa 10 se movimentou bem, buscou o jogo e atraiu a marcação adversária, abrindo espaços para os companheiros.

1 x 0 - O Santos abriu o placar com um gol de cabeça de Joaquim. Em cobrança de escanteio, o camisa 6 veio embalado, ganhou da defesa pelo alto e balançou as redes na Neo Química Arena.

Quase o segundo! - Em jogada rápida pelo lado direito, Guilherme achou espaço para o cruzamento e mandou a bola na cabeça de Giuliano, que vinha entrando na área e conseguiu cabecear para o gol, mas viu a finalização ser defendida por Cleiton.

Defendeu Matheus Fernandes! - O volante do Bragantino foi providencial para evitar o segundo gol do Santos. Giuliano finalizou de dentro da área após saída errada de Cleiton, mas viu o meio-campista do Massa Bruta colocar a perna no caminho da bola e salvar sua equipe.

2 x 0 - O Santos ampliou o placar com Guilherme. O camisa 11 apareceu atrás de toda da defesa do Bragantino em cruzamento de Pedrinho vindo da direita e só completou para o gol.

2 x 1 - A lei do ex se fez presente em Itaquera. Eduardo Sasha recebeu na entrada da área e, com espaço, finalizou com a perna esquerda no ângulo direito de João Paulo, que não conseguiu chegar.

3 x 1 - O Santos chegou ao terceiro gol novamente pelo alto. Hayner roubou a bola no campo de ataque e serviu Pedrinho. O camisa 7 levou para o fundo e cruzou para Giuliano, que completou de cabeça para o gol.

No fim da partida Hayner foi expulso numa jogada estranha. O lateral tentou dar um chutão e perdeu o tempo da bola.

Santos finalista e agora esperando Palmeiras ou Novorizontino na grande final.

Para saber tudo sobre o Santos siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade