PUBLICIDADE
Logo do Santos

Santos

Favoritar Time

Santos paga R$ 4,7 milhões para ex-técnico, se livra de punição e pode voltar a contratar

Fabián Bustos recebeu a quantia nesta sexta-feira, 23; o clube também vai arcar com cerca de R$ 700 mil referente a impostos

23 fev 2024 - 18h35
(atualizado às 19h53)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Ivan Storti/Santos FC / Divulgação

O Santos informou nesta sexta-feira, 23, que depositou R$ 4,7 milhões na conta do técnico Fabián Bustos. Os valores são referentes à rescisão de contrato com argentino, que estavam em aberto  desde o ano passado, e impediam o clube de contratar e registrar novos atletas. 

A equipe também vai arcar com cerca de R$ 700 mil de impostos ligados à transferência do dinheiro, que foi feita em uma conta fora do Brasil.

"Bustos dirigiu a equipe em 2022 e cobrava o valor de R$ 6 milhões, mas o clube conseguiu reduzir em R$ 1,3 milhão", informou o Santos em nota. "O Departamento Jurídico do Santos FC já enviou os comprovantes do pagamento para a Fifa, e aguarda a resposta da entidade máxima do futebol para o encerramento do transfer ban", completou.

Atuações do Santos contra o Novorizontino: Muita luta; pouca eficácia Atuações do Santos contra o Novorizontino: Muita luta; pouca eficácia

O valor da dívida inicialmente era de R$ 6 milhões. Contudo, o Departamento Jurídico do Santos recorreu ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) e conseguiu diminuir o valor da indenização. Em um primeiro momento, o clube tentou fazer o pagamento parcelado, mas o técnico recusou a oferta.

O profissional cobrava a dívida relacionada ao período entre a demissão, em julho de 2022, e o fim de 2023, quando seu contrato terminaria.

No comando do clube paulista, Fabián Bustos esteve em 28 partidas, com oito vitórias, 12 empates e nove derrotas (42% de aproveitamento). O técnico foi eliminado na Copa Sul-Americana e perdeu por 4 a 0 para o Corinthians na ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade